AccueilImagens da cultura / Cultura das imagens

Imagens da cultura / Cultura das imagens

VII Seminário da rede de grupos de investigação Imagens da Cultura / Cultura das Imagens

*  *  *

Publié le jeudi 01 septembre 2011 par Marie Pellen

Résumé

Realiza-se de 15 a 18 de Agosto de 2011, na Universidade Presbiteriana Mackenzie (São Paulo, Brasil), o VII Seminário Imagens da Cultura / Cultura das imagens.

Annonce

Apresentação 

O Seminário ICCI (Imagens da Cultura / Cultura das imagens) nasceu de uma cooperação ERASMUS entre a Universidade Aberta e a Universidade de Múrcia e com a cooperação do Núcleo de Pesquisa em Hipermídia da PUC-SP (Brasil) tendo como objetivo a Internacionalização da investigação e a ligação entre investigadores das diversas Universidades envolvidas no projeto.

No âmbito da realização do V Seminário ICCI na Universidade Sevilha foi criada uma rede de grupos de pesquisa implicada nos mesmos objetivos de cooperação científica internacional no âmbito das ciências sociais e da comunicação focalizada nas temáticas da imagem e da cultura visual e sonora e nas questões da interculturalidade e do transnacionalismo numa perspectiva interdisciplinar.

A RED_ICCI é atualmente constituída pelos seguintes grupos de investigação: CEMRI – Laboratório de Antropologia Visual, Universidade Aberta; Grupo de Investigação em Comunicação Corporativa e Sociedade da Informação – Área de Estudos Culturais, Universidade de Múrcia; Grupo de Investigación en Tecnología, Arte y Comunicación, Universidad de Sevilha; Grupo Design, Arte, Linguagens e processos e do Grupo Linguagem e Arte Linguagens Contemporâneas, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo; Pôle lmage & Information – IREGE, Universidade de Savoie; Grupo Internacional de Análisis Cinematográfico y Televisivo, Universidade Complutense de Madrid; GEOBINDEL - Grupo de Investigación de Desarrollo Local y Geografia Económica, Universidad de Alicante; VISURB - Grupo de Pesquisas Visuais e Urbanas, Universidade Federal de São Paulo; Grupo de Investigação em Sociedade, Ambiente e Desenvolvimento, Departamento de Ciências da Educação e do Patrimônio, Universidade Portucalense.

A RED_ICCI assume conjuntamente a organização dos Seminários e a dinamização dos diversos grupos locais de pesquisa com vista à realização e apresentação de projetos de investigação conjuntos, a criação de Grupos de trabalho no Seminário, à apresentação dos trabalhos publicados no intervalo entre seminários.

O VII Seminário Internacional Imagens da Cultura / Cultura das Imagens centra-se em 3 eixos:

Eixo interdisciplinar – antropologia, arte e comunicação

Eixo do projeto – Interculturalidade, transnacionalismo, identidade

Eixo do âmbito da Rede e do Seminário - Cooperação acadêmica e científica entre a Europa, América Latina, Africa

Coordenação do VII ICCI

  • Ariane Cole, Grupo de Investigação, Universidade
  • Paulo Roberto, Grupo de Investigação, Universidade
  • Jane Almeida, Grupo de Investigação, Universidade
  • José da Silva Ribeiro, Coordenação da Red_ICCI, Universidade Aberta - Portugal
  • Pedro Hellin, Coordenação da Red_ICCI, Universidade de Múrcia – Espanha

Comitê Científico

  • Ana Paula Beja Horta, Coordenadora Científica do CEMRI, Universidade Aberta – Portugal
  • Sylvia Caiuby, Coordenadora científica do LISA, Universidade de São Paulo – Brasil
  • Cornelia Eckert, Coordenadora científica do BIEV e do NAVISUAL, IFCH, UFRGS – Brasil
  • Carmen Guarini, Documentarista, Antropóloga, Universidade de Buenos Aires – Argentina
  • Jacques Ibanez-Bueno, Coordenador do Pólo L’image & l’information - IREGE, Universidade de Savoie – França
  • Deolinda M. Adão, Directora Executiva. Portuguese Studies Program. University of California, Berkeley – USA
  • Isabel Vaz de Freitas, Directora do Departamento de Ciências da Educação e do Património, Universidade Portucalense – Portugal
  • Clara Carvalho, Presidente do CEA, ISCTE – Portugal
  • Fernando Contreras, Coordenador científico do Grupo de Investigación en Tecnología, Arte y Comunicación, Universidade de Sevilha - Espanha
  • César San Nicolás, Coordenador de comunicación do Vicerreitorado de Relaciones Internacionales y Comunicación Universidade de Múrcia - Espanha
  • Manuela Penafria, Grupo de Trabalho em Estudos Fílmicos da SOPCOM, Diretora da Revista Doc-online, Universidade de Beira Interior - Portugal
  • Olívia Maria Marques da Silva, Diretora do Departamento das Artes da Imagem, ESMAE - Escola Superior de Música, Artes do Espetáculo, IPP, Porto - Portugal
  • Ana Luiza Carvalho da Rocha, Coordenadora científica do BIEV, NAVI, UFRGS – Brasil
  • António Costa Valente, AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia, Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro – Portugal

Organização do 7º ICCI

  • Ariane Cole, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • José da Silva Ribeiro, Coordenação da Red_ICCI, Universidade Aberta – Portugal
  • Gláucia Davino, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil

Design

  • Profa. Dra. Andréa de Souza Almeida, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Profa. Zuleica Schincariol, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Bianca Muto, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil

GRUPOS TEMÁTICOS  

Teoria, Metodologia e Tecnologia da Imagem

Coordenadores da temática:

  • José da Silva Ribeiro, Universidade Aberta, Portugal
  • Jacques Bueno, Universidade de Savoire, França
  • Paulo Roberto Araújo, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil  

Partimos para esta temática de uma interrogação formulada por Marc Augé “terão ainda sentido certas distinções disciplinares? Quando se fala da antropologia, não estará a evocar investigações muito próximas das da sociologia ou daquilo a que hoje chamamos ciências da comunicação?” Estas questões não serão ainda mais pertinentes quando abordamos as imagens nas suas múltiplas dimensões? Psicologia, a Filosofia, a História, a Antropologia, a Comunicação, a Sociologia, a Economia, a Tecnologia reflectem e agem a partir de múltiplas perspectivas sobre as imagens. Perece-nos necessário desenvolver uma reflexão interdisciplinar consistente, sobre a imagem e sobre suas práticas nas diversas culturas ou no processo de hibridação cultural de que as imagens são agente ativo. Este parece ser, em meu entender o grande desafio desta temática, desta cooperação, deste trabalho conjunto, deste grupo que persiste em realizar o encontro ritual de cada ano. Trata-se de uma problemática de largo espectro que poderemos afrontar a partir de múltiplos pontos de vista, tradições académicas, experiências de investigação, práticas de utilização. Procuraremos neste grupo reunir a investigação realizada nos diversos núcleos sobre a teoria, metodologia e tecnologia da imagem.  

Cultura Visual e Sonora

Coordenadores da temática:

  • Ariane Daniela Cole, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Ricardo Campos, Universidade Aberta, Portugal
  • Viviane Vedana, UFRGS , UFRGS, Brasil
  • Edgar Cunha, UNESP, Brasil  

A noção de Cultura Visual, apesar de originária dos estudos artísticos e do campo da comunicação social, tem sido cada vez mais utilizada nas ciências sociais, na medida em que remete à nossa cultura contemporânea tão fortemente relacionada à produção e difusão de imagens, sejam elas visuais ou sonoras. No centro do debate está a crescente relevância que estas têm adquirido no que diz respeito às formas como pensamos e representamos o mundo. Esta abordagem articula-se, então, com uma Antropologia da Imagem, atenta à forma como as manifestações visuais e áudiovisuais, sejam de natureza coletiva ou individual, expressam significados culturais (representações, ideologias, hábitos, normas e padrões, técnicas e tecnologias). A imagem, sendo um veículo de comunicação e representação do mundo cada vez mais relevante, exige um  debate aprofundado sobre estratégias de questionamento teórico e de desenvolvimento de metodologias de pesquisa social que envolvam tanto a produção de dados (fotografias, vídeos, registros sonoros) em campo, como também o posterior tratamento destes dados na elaboração de narrativas sobre a vida social e a cultura. Em especial, refletir sobre o lugar do sonoro (que não signifca apenas música, mas também as paisagens e ambiências sonoras de diferentes territórios) nesta Cultura Visual nos coloca diante do desafio de construir novas abordagem para o tema.

O estudo da imagem visual e da imagem sonora, portanto, é um empreendimento interdisciplinar dada a sua complexidade e multiplicidade de abordagens. Assim, constitui-se como centro da investigação nesta temática analisar e discutir as potencialidades interpretativas do visual e do sonoro nas pesquisas em Ciências Sociais, Antropologia, Comunicação, Design, entre outras áreas do conhecimento, sobretudo no que tange suas dimensões culturais e sociais. Abordaremos o tema das expressões da cultura, da imagem visual e sonora, através de diferentes perspectivas teóricas, metodológicas e tecnológicas de modo a contribuir para fortalecer o intercâmbio e o debate acadêmico sobre estes tópicos. 

Imagens e Cultura de Consumo

Coordenadores da temática:

  • Ana Sílvia Rocha Ipiranga, TEDPEQ - Universidade Estadual do Ceará, Brasil
  • Celso Figueiredo -  Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • João Batista Cardoso -  Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Brasil
  • Paula Renata Camargo de Jesus - Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil  

Propomos uma abordagem interdisciplinar entre antropologia e  comunicação, por meio da investigação sobre a produção de sentido e sobre os estudos culturais  referentes as imagens produzidas pela mídia publicitária e pelas imagens das comunicações corporativas, junto às sociedades de consumo nas culturas capitalistas. A publicidade e imagem corporativa consistem em formas de representação que refletem as suas realidades e ao mesmo tempo se modificam pelas dinâmicas socioculturais e econômica que suas realidades de atuação lhes impõem. O estudo dessas representações no âmbito das culturas de consumo, permite identificar a dimensão simbólica que o consumo assume no contexto em que os documentos publicitários e as marcas se fazem circular, bem como possibilita perceber os câmbios culturais geradores de resistências e transformações e hibridizações, na mediação dos artefatos culturais da vida material.  A publicidade e as marcas são artefatos das culturas de consumo que operam dimensões fundamentais: a mediação cultural do consumo (regulação cultural) e mediatização (interferência comunicacional massiva e intensiva via tecnologias no ambiente sociocultural). Entendemos que a produção de sentido nas dinâmicas culturais, mostra-se como um caminho fértil que interliga, o sentido da publicidade e das marcas para vida humana a partir do sentido de suas mensagens e valores.  

Cinema e sociedade

Coordenadores da temática:

  • Maria do Céu Marques, CEMRI – Universidade Aberta, Portugal 
  • Gláucia Davino, Universidade Mackenzie, Brasil
  • Andréa Barbosa, UNIFESP, Brasil
  • Rose Satiko - Lisa – USP, Brasil  

Pretende-se nesta temática criar um espaço de reflexão e debate multidisciplinar que aborde o cinema enquanto arte, linguagem e indústria passível de diversas interações com a sociedade. Desde o seu aparecimento que o cinema interfere na vida das pessoas ao permitir olhar para o passado e presente bem como imaginar o futuro. Ao longo dos tempos, o cinema afirmou-se como um agente de sociabilidade influenciando e sendo influenciado pela sociedade, que funciona também como um espaço de memória individual e coletiva útil no processo educacional, principalmente como recurso didáctico-pedagógico.   

Propomos tratar as imagens visuais e sonoras - audiovisuais como forma de aproximação da realidade, através da sua representação. Seja da representação cultural como objeto de análise antropológica, onde incluímos a constituição da cultura, a arte, a educação, os meios de comunicação, como é compreendida, utilizada e consumida. Abordaremos também as articulações entre as linguagens, autoria, teorias, inovações, relação do cinema com outras manifestações artísticas, as relações temáticas com a sociedade, a construção de um pensamento audiovisual e as visões do mundo através do cinema. E, finalmente, a sua práxis processos de criação, metodologias de produção, experimentações e recursos tecnológicos.   

Espaço, Modos de Vida e Antropologia Visual

Coordenadores da temática:

  • Ana Gabriela Godinho Lima, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Teresa Maria Riccetti, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil

A partir das práticas interdisciplinares experimentadas por investigadores das áreas da arquitetura e do design que abordam a relação espaço/ambiente construído e comportamento humano propomos aqui um intercâmbio sobre a produção desse conhecimento voltado aos processos metodológicos que enfatizam a forma de expressão, de comunicação e de representação aplicados por meio do registro de imagens visuais. Neste contexto a imagem não é apenas um meio documental de pesquisa, mas a re-apresentação (Daniel & Ittelson, 1981; Hetherington, 1991).do real; para que possamos ler a informação representada por ela e também interpretá-la. Para tanto exploramos nesse grupo as imagens da domesticidade. São alvo de nossa exploração as formas como os ambientes são delineados, seja por seu conteúdo - a disposição das pessoas e dos objetos, as cores e formas, os ambientes mais comumente ilustrados - bem como a programação gráfica que apresenta este conteúdo. Parafraseando Ribeiro (2005), ao levar em conta aspectos como o fundo e o contexto; pretendemos trazer à tona alguns aspectos da interação entre as imagens e as sociedades e culturas que as utilizam, em uma perspectiva que tem na Antropologia Visual o fio condutor das discussões que visamos promover. 

Cultura Digital

Coordenadores da temática:

  • Jane Almeida, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Charles Vincent, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Dolores Peña, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil
  • Casimiro Pinto, Portugal  

Diversos pesquisadores entendem que as imagens digitais, estão operando uma transformação radical em nossa cultura. Para estes, o que está em curso é mais do que uma atualização tecnológica para a produção da informação, do conhecimento e da imagem, trata-se, na verdade, de transformações no modo de ver, conhecer e pensar o mundo.

Vale salientar que tecnologias não estão alijadas de todo um processo cultural, são frutos de um encaminhamento, são calculadas, desejadas, desenhadas, induzidas, fazem parte de um imenso processo criativo que impulsiona a história, a cultura. E, seja pelo nosso empenho, na criação ou na descoberta, que nos habilita a: produzir conhecimento, formular novas soluções para configurar informações, imagens, seja para cria-las, como as imagens animadas a partir de fórmulas matemáticas, como é ao caso do fractal, ou frente às descobertas que nos abrem a possibilidade de vermos imagens inusitadas como as do nascimento de uma galáxia, todas estas possibilidades alteram de fato a percepção do mundo e de nós mesmos, na medida em que lançam um novo olhar para a realidade, atuando como agentes e testemunhos da transformação do olhar, acompanhados de um novo sistema de idéias, que se relacionam às práticas de ordenar o conhecimento e a experiência.

Programa

Dia 15

14:30 - 17:30

Sala 1: Teoria, Metodologia e Tecnologia das Imagens

Sala 2: Cultura Visual e Sonora

Sala 3: Cinema e Sociedade

Sala 4: Espaços, Modos de Vida e Antropologia Visual

Dia 16

9:30 - 12:30

Sala 1: Teoria, Metodologia e Tecnologia das Imagens

Sala 2: Cultura Visual e Sonora

Sala 3: Cinema e Sociedade

Sala 4: Espaços, Modos de Vida e Antropologia Visual

14:30 - 17:30

Sala 1: Imagens e Cultura de Consumo

Sala 2: Cultura Visual e Sonora

Sala 3: Cinema e Sociedade

Sala 4: Espaços, Modos de Vida e Antropologia Visual

Dia 17

9:30 - 12:30

Sala 1: Teoria, Metodologia e Tecnologia das Imagens

Sala 2: Cultura Visual e Sonora

Sala 3: Cinema e Sociedade

Sala 4: Espaços, Modos de Vida e Antropologia Visual

14:30 - 17:30

Sala 1: Imagens e Cultura de Consumo

Sala 3: Cinema e Sociedade

Sala 5: Cultura Digital

Dia 18 

9:30 - 12:30

Sala 1: Imagens e Cultura de Consumo

Sala 5: Cultura Digital

 

O VI Seminário Internacional Imagens da Cultura / Cultura da Imagens realizou-se no Porto (Portugal), de 1 a 3 de Julho de 2010. Para aceder aos resumos do VI Seminário: http://imagensdacultura.wikispaces.com/resumos-CVAI

Lieux

  • Brasil), Avenida Brasil, 1200 - Jardim Guanabara
    São Paulo, Brésil

Dates

  • lundi 15 août 2011
  • mardi 16 août 2011
  • mercredi 17 août 2011
  • jeudi 18 août 2011

Fichiers attachés

Contacts

  • Secretaria #
    courriel : secgeral [at] mackenzie [dot] br

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« Imagens da cultura / Cultura das imagens », Colloque, Calenda, Publié le jeudi 01 septembre 2011, http://calenda.org/205096