AccueilSeminário de antropologia do ICS (2011-2012)

*  *  *

Publié le jeudi 22 septembre 2011 par Marie Pellen

Résumé

Seminário de antropologia do ICS.

Annonce

07-10-2011

15:00, Sala Polivalente   

A endogamia verdadeira ou o tabu do ex-cesto: como o parentesco subdetermina a humanidade entre os Kisêdjê (Brasil Central)"

Marcela Coelho de Souza - Universidade de Brasília, Unb

Para os ameríndios, especificamente para os povos do Brasil Central, o processo do parentesco pode ser pensado como um esforço deliberado de identificação corporal entre os Humanos em contradistinção a outros tipos de sujeito (animais, espíritos, inimigos). Negar deliberadamente o parentesco, em um contexto em que parentesco e humanidade definem-se mutuamente, introduziria o risco de desumanização - não é de surpreender que a metamorfose transespecífica apareça frequentemente como consequência do incesto visto como inversão do processo de aparentamento. Tentei alhures mostrar que esse operação - tratar o parente como não-parente, o Mesmo como Outro, um Humano como não-Humano -, não importa quão arriscada, não é menos necessária, de modo que o incesto emerge não apenas como o inverso do parentesco, mas como sua condição - ou talvez seu "aposto", como sugerido recentemente por Roy Wagner, "the formless content of all kin relations as against the contentless form of the way they have been described and studied" (Wagner s/d:99). Se isso é assim, o mesmo pode ser verdadeiro do outro "lado" do incesto (e também, frequentemente, uma consequência dele, como no caso da metamorfose): a "exogamia verdadeira", "conhecimento carnal" transespecífico, aquilo que a "endogamia verdadeira" de Lévi-Strauss supostamente viria prevenir. Tentarei aqui elaborar esta possibilidade, a partir de elementos de etnografia Kĩsêdjê (um povo jê do Brasil Central).       

18-11-2011

15:00, Sala Polivalente   

Etnografias da Cidadania. Comparando estratégias de aproximação cultural entre jovens e polícias em Portugal e no Brasil

Susana Durão - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Entre 2007 e 2009 estive em contacto directo com dois grupos de acção cultural - o Moinho da Juventude (Amadora, Lisboa) e o Grupo Cultural AfroReggae (Rio de Janeiro). Ambos desenvolviam projetos de diferente dimensão, amplitude e visibilidade mediática que visavam a aproximação entre jovens e polícias após situações consideradas violentas e traumáticas. Interessei-me particularmente por estas experiências. Uma questão foi ecoando ao longo da investigação: Seria possível comparar tais projectos de cidadania tendo em conta as várias diferenças entre eles? Foram os dados etnográficos, e a inquirição acerca da dimensão relacional possível entre polícias e jovens, em ambos os contextos, que me permitiram formular teoricamente os dados da comparação. Argumento que tais projetos dependem de diferentes entendimentos, práticas e governos locais da segurança e do policiamento. Se em Portugal encontrei problemas da ordem do que chamo insegurança intersubjectiva associados a incumprimentos do mandato policial; no Brasil a pesquisa levou-me a questões de insegurança ontológica ligadas ao plano da indefinição da própria licença policial. O respectivo campo de actuação de cada projeto cultural define-o à partida nas suas ideologias e práticas, ambições e acanhamentos. Como se verá, tal leva-nos a repensar em contexto as noções de cidadania.
       

16-12-2011

15:00, Sala Polivalente   

Duas ou três coisas que eu sei do futuro: passos para uma antropologia da esperança

Ramon Sarró    

03-02-2012

15:00, Sala Polivalente   

Anthropology at Dictatorship's Service: New insights on Socio-cultural Anthropology during the Nazi era

Andre Gingrich  

09-03-2012

 15:00, Sala Polivalente   

Late capitalist Oklahoma and late socialist Heilongjiang: notes on spirituality and comparative economic psychology

Charles Stafford   

20-04-2012

15:00, Sala Polivalente   

O cuidado como factor de sustentabilidade em situações de crise

Antónia Pedroso de Lima   

28-05-2012

15:00, Sala Polivalente   

Espíritos e defuntos : migrações e religiões em viagem pelo Atlântico

Clara Saraiva   

Lieux

  • Av. Professor Aníbal de Bettencourt, 9
    Lisbonne, Portugal

Dates

  • vendredi 07 octobre 2011
  • vendredi 18 novembre 2011
  • vendredi 16 décembre 2011
  • vendredi 03 février 2012
  • vendredi 09 mars 2012
  • vendredi 20 avril 2012
  • lundi 28 mai 2012

Contacts

  • ICS #
    courriel : opj [at] ics [dot] ul [dot] pt

URLS de référence

Source de l'information

  • Marie Pellen
    courriel : marie [dot] pellen [at] openedition [dot] org

Pour citer cette annonce

« Seminário de antropologia do ICS (2011-2012) », Séminaire, Calenda, Publié le jeudi 22 septembre 2011, http://calenda.org/205384