AccueilJoão Martins Pereira e o seu, nosso tempo

*  *  *

Publié le mardi 15 novembre 2011 par Marie Pellen

Résumé

João Martins Pereira - Colóquio e Evocação, dias 25 e 26 de Novembro de 2011, no Auditório do CIUL – Centro de Informação Urbana de Lisboa, Picoas Plaza, Rua Viriato, 13, Esq.- 1º, Lisboa (Portugal).

Annonce

Iniciativa CES/CD25Abril

CIUL (Picoas-Plaza), 25 e 26 de Novembro de 2011

Comissão organizadora:

  • Rui Bebiano (coord.),
  • Catarina Martins,
  • João Rodrigues,
  • Manuela Cruzeiro,
  • Miguel Cardina
  • Natércia Coimbra.

Apresentação

Para um grande número de leitores fiéis, de colegas de profissão e de companheiros das muitas causas com as quais se foi envolvendo ao longo da vida, João Martins Pereira (1932-2008) permanece como uma referência da oposição de esquerda ao Estado Novo durante os anos 60 e 70. Pensador inconformista de uma intervenção política que entendia como igualitária e democrática, engenheiro de formação e de profissão, ensaísta atento, governante efémero, jornalista acidental, escritor de causas, estudioso da história do capitalismo português e de economia industrial, foi fundador do Movimento de Esquerda Socialista (MES) e independente obstinado, marxista heterodoxo e não dogmático e ainda, no que repetia ser a sua convicção mais funda, um sartreano radical.

O objectivo deste Colóquio, ao qual se encontra associada uma Exposição evocativa de JMP concebida por Susana Paiva a partir do espólio pessoal que a sua família depositou no Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra, tem uma dimensão tríplice. Pretende, em primeiro lugar, funcionar como um espaço de divulgação e de discussão da obra extensa, complexa e multifacetada de João Martins Pereira; visa depois debater, numa perspectiva histórica, política e filosófica, os temas que mais o interessaram e as décadas de grandes transformações da sociedade portuguesa das quais foi empenhado intérprete e comentador; e finalmente procura prestar, no momento em que passam três anos sobre o seu desaparecimento, uma homenagem ao homem e ao intelectual, brilhante e corajoso, que como poucos soube no seu tempo conjugar a cidadania activa com uma reflexão serena e prospectiva.

Do conjunto da iniciativa espera-se um trabalho de aprofundamento do conhecimento dos contextos históricos que envolveram a sua vida, e dos temas, no domínio do pensamento económico, da filosofia, da política e da reflexão cidadã, que com ela, ao longo de cerca de cinco décadas, foram sempre confluindo. Espera-se também uma maior divulgação, mais do que merecida, do seu percurso e da sua obra.

Programa

Sexta-feira 25 de Novembro

14H30 – Sessão de abertura

Intervenções de António Sousa Ribeiro (CES) e Rui Bebiano (CD 25 de Abril)

15H00 - Abertura da exposição evocativa

Natércia Coimbra e Susana Paiva

15H30 – Sessão 1: Esquerdas, centros e margens

Moderador: João Rodrigues

“O tempo em que acreditávamos que mostrar a realidade podia mudar o Mundo – ou, pelo menos, o nosso” - Diana Andringa

“A Esquerda e o Centro – do Poder” – Carlos Matos Gomes

“’Pouco mais rege o mundo’: ideias e intelectuais na Segunda Depressão” – Rui Tavares

17H30-18H00 - Pausa

18H00 – Mesa-Redonda: João Martins Pereira - O dito e o feito

Moderadora: Maria Manuela Cruzeiro

Adelino Gomes

Fernando Lopes

Jorge Almeida Fernandes

Sábado 26 de Novembro

10H00 – Sessão 2: Intelectuais, compromissos e poderes

Moderador: Miguel Cardina

“Hipóteses de um intelectual comum, de Álvaro Cunhal a Toni Negri” - José Neves

“Vergílio Ferreira segundo Sartre” – Luís Mourão

“Derrota, Luto, Despolitização” – Luís Trindade

“Avestruzes e outras aves. João Martins Pereira e a política pós-Revolução” – Maria Manuela Cruzeiro

14H30 – Sessão 3: Capitalismos, dependências e alternativas

Moderador: Catarina Martins

“A política crítica de João Martins Pereira” - Francisco Louçã

“O presente. Algumas lições do último século” – Fernando Oliveira Baptista

“Economia política e consciência social” - José Reis e João Rodrigues

“Na encruzilhada da crise. Que novas dependências? Que novas oportunidades?” – Manuela Silva

17H00 – Intervenção de encerramento

João Cravinho

Evocação

Organização do Centro de Documentação 25 de Abril da UC, com concepção artística de Susana Paiva e coordenação de Natércia Coimbra.

Estará patente no Centro de Estudos Sociais – Lisboa, Picoas Plaza, Rua do Viriato, 13, loja 117/118, Lisboa, Portugal.

Horário: Segunda a Sexta, 9h30 – 12h30; 14h00 - 18h00

Lieux

  • Rua do Viriato, 13 (Centro de Informação Urbana de Lisboa)
    Lisbonne, Portugal

Dates

  • vendredi 25 novembre 2011
  • samedi 26 novembre 2011

Contacts

  • Centro de Estudos Sociais
    courriel : ces [at] ces [dot] uc [dot] pt

URLS de référence

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« João Martins Pereira e o seu, nosso tempo », Colloque, Calenda, Publié le mardi 15 novembre 2011, http://calenda.org/206137