Accueil Arquivos do silêncio: alianças secretas da guerra colonial

*  *  *

Publié le mardi 22 novembre 2011 par Marie Pellen

Résumé

Assinalam-se este ano os 50 anos sobre o início da Guerra Colonial portuguesa. O tema da Guerra Colonial tem vindo a conhecer novas revelações suscitando debates sobre o sentido desta guerra e das lutas nacionalistas que conduziram a processos de independências em meados dos anos 70. Questionar o colonial implica o levantar de inúmeras questões, quer nos espaços outrora metropolitanos imperiais, quer nos vários contextos colonizados. Esta relação obriga a repensar o tempo da história e a própria História. A luta pela independência de Angola, da Guiné e de Moçambique esteve intimamente ligada a outros processos geopolíticos, a apoios do continente africano e à persistência do fascismo em Portugal. Porém muito permanece por dizer sobre a Guerra Colonial e suas implicações geoestratégicas no contexto da guerra-fria.

Annonce

Enquadramento:

Assinalam-se este ano os 50 anos sobre o início da Guerra Colonial portuguesa. O tema da Guerra Colonial tem vindo a conhecer novas revelações suscitando debates sobre o sentido desta guerra e das lutas nacionalistas que conduziram a processos de independências em meados dos anos 70. Questionar o colonial implica o levantar de inúmeras questões, quer nos espaços outrora metropolitanos imperiais, quer nos vários contextos colonizados. Esta relação obriga a repensar o tempo da história e a própria História. A luta pela independência de Angola, da Guiné e de Moçambique esteve intimamente ligada a outros processos geopolíticos, a apoios do continente africano e à persistência do fascismo em Portugal. Porém muito permanece por dizer sobre a Guerra Colonial e suas implicações geoestratégicas no contexto da guerra-fria.

O ritmo crescente das polémicas associadas a este conflito opõe-se todavia ao ritmo lento da constituição de saberes académicos. Este colóquio procura cruzar olhares e perspectivas sobre a última etapa da história colonial de Portugal, abrindo portas para uma análise mais profunda dos vários sujeitos e narrativas que este violento processo encerrou, integrando oradores com diferentes percursos. Procura-se, igualmente, aprofundar os conhecimentos sobre os contornos e implicações do Exercício Alcora, uma aliança nunca publicamente reconhecida, que Portugal estabeleceu com a África do Sul e a Rodésia em 1970 para apoiar a sua luta contra os movimentos nacionalistas na Guerra Colonial. Neste sentido a aliança estabelecida pelo Exercício Alcora oferece elementos importantes para confrontar visões já estabelecidas sobre a Guerra Colonial e para uma melhor compreensão das suas consequências.

ENTRADA LIVRE, ATÉ O LIMITE DOS LUGARES DISPONÍVEIS, COM INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA.

29 de Novembro de 2011

10h00, Sala 1, CES-Coimbra

Sessão 1

10h00 Apresentação

10h15 Aniceto Afonso (Universidade Nova de Lisboa) Alcora – um projecto para a África Austral

10h40 Amélia Souto (Universidade Eduardo Mondlane) Relações entre Portugal, África do Sul e Rodésia do Sul e o ‘Exercício ALCORA’: elementos fundamentais na estratégia da condução da guerra – 1960-1974

11h10 Coffee Break

11h30 Carlos Matos Gomes  Tropas locais e outros colaboradores - o papel dos vilões nos ventos da História

12h00 Discussão

12h30 Almoço

Sessão 2

14h15 Fernando Rosas (Universidade Nova de Lisboa)  O Estado Novo e a Guerra Colonial

15h45 Miguel Cardina (CES/Universidade de Coimbra; U. Nova de Lisboa) Violência, Testemunho e Sociedade. Incómodos e silêncios em torno da memória da ditadura

16h05 Maria Paula Meneses (CES/Universidade de Coimbra) Guerra Fria / Guerra colonial / Guerra Nacionalista – a quem servem os conceitos?

16h30 Discussão

17h00 Coffee Break

Sessão 3

17h15 Bruno Sena Martins (CES/Universidade de Coimbra) A hospitalidade ao fantasma: os deficientes das forças armadas e a guerra Colonial (filme)

17h50 Mesa Redonda: Uma conversa acerca da guerra colonial em contexto de guerra fria

18h30 Encerramento
 
ENTRADA LIVRE, ATÉ O LIMITE DOS LUGARES DISPONÍVEIS, COM INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA.

Catégories

Lieux

  • Coimbra, Portugal

Dates

  • mardi 29 novembre 2011

Source de l'information

  • Marie Pellen
    courriel : marie [dot] pellen [at] openedition [dot] org

Pour citer cette annonce

« Arquivos do silêncio: alianças secretas da guerra colonial », Colloque, Calenda, Publié le mardi 22 novembre 2011, http://calenda.org/206345