AccueilO governo da infância

O governo da infância

II colóquio nacional Michel Foucault

*  *  *

Publié le mardi 13 décembre 2011 par Marie Pellen

Résumé

De 12 a 14 de dezembro de 2011 terá lugar o II colóquio nacional Michel Foucault - O governo da infância, na universidade federal de Uberlândia, estado de Minas Gerais, Brasil.

Annonce

Apresentação

No ano de 2008, entre os dias 03 e 05 de setembro foi realizado o I Colóquio Michel Foucault: Educação, Filosofia, História - Transversais, com o propósito de estabelecer discussões de diferentes transversalidades a partir do pensamento de Foucault, entre as áreas da Educação, da Filosofia e da História.
Ao mesmo tempo, a realização do I Colóquio pretendeu abrir um espaço propício para fomentar o debate instaurado em torno de problematizações e temáticas que podem ser suscitadas ou alimentadas pelo vasto legado deixado por Michel Foucault, o que se desdobra na realização desta segunda edição. Além dos Programas de Pós-Graduação em Educação, em História e em Filosofia, envolvidos na primeira, agora também se juntam neste esforço coletivo o Programa de Ciências Sociais e o de Psicologia.

De modo que, neste II Colóquio, a proposta é refletir sobre a infância e diferentes modos de concebê-la em nossa sociedade. Busca-se por em foco saberes e práticas sobre a infância, indagando-a como algo que se inventa, como uma construção histórica em suas múltiplas formas.

A infância, entendida como uma invenção moderna, ocupa espaços sociais – da mídia, da medicina, da psicopedagogia, do consumo, da pedagogia, da psicologia, da literatura, entre vários outros –, de modo que sua existência é atravessada por processos de acumulação de saberes sobre o corpo, o desenvolvimento, as capacidades, as vontades, as tendências, as brincadeiras, as fragilidades, as vulnerabilidades, os instintos, as paixões e potências infantis que, por sua vez, se acoplam a práticas discursivas e não discursivas em que tais saberes se imbricam em mecanismos de poder, cujo resultado acaba sendo a produção de uma infância governada, segundo normatividades da sociedade que se empreende.

Nessa perspectiva a infância deve ser conduzida, segundo modelos estabelecidos científica e institucionalmente, consubstanciando uma concepção que é parametrada e, ao mesmo tempo, também é parâmetro de políticas educativas, políticas de conhecimentos, legislações, estruturas e funcionamentos de escolas para crianças e de toda uma rede de instituições que as acolhem, fabricando-se, assim, uma infância pautada na continuidade cronológica, no tempo como sucessão e sequência de etapas do desenvolvimento.

Pensar a infância, problematizando-a como uma invenção, permite perceber sua construção histórica como categoria das ciências do homem e a forma como ela é engendrada no contexto social moderno. Neste sentido, pensar com Foucault possibilita ver, desde essa perspectiva administrativa, o que se está fazendo da infância e com a infância em nosso tempo presente.

Não obstante, Foucault não ter desenvolvido uma teoria da infância, uma formulação conceitual sistemática do tema, há em sua obra chaves de compreensão com as quais se pode descortinar modos diferentes de se pensar as formas dessa administração infantil, fornecendo pistas para concebê-la como produção histórica, construção cultural e, portanto, desvinculada de definições estáticas, naturalizantes e essencialistas.

Objetivos

  • estabelecer discussões sobre diferentes formas de governo da infância, tendo como referencial aspectos do pensamento de Foucault;
  • refletir a partir de contribuições de formulações teórico-práticas de Michel Foucault quando se trata de pensar a infância em possíveis interfaces e/ou conexões interdisciplinares;
  • aprofundar o conhecimento e o debate acerca da questão da infância, do ponto de vista histórico e/ou contemporâneo, a partir de ferramentas conceituais de Michel Foucault, propiciando a divulgação de novos conhecimentos;
  • oportunizar o intercâmbio de experiências de pesquisas sobre a infância com base em estudos e leituras que diferentes profissionais realizam da perspectiva foucaultiana.

Palestrantes

  • Alfredo Veiga-Neto (UFRGS/Unisinos)
  • Edson Passetti (PUC-SP)
  • José Gonçalves Gondra (UERJ)
  • José Luís Câmara Leme (Universidade Nova de Lisboa)
  • Julio Groppa Aquino (USP)
  • Lília Ferreira Lobo (UFF)
  • Margareth Rago (Unicamp)
  • Maura Corcini Lopes (Unisinos)
  • Sílvio Gallo (Unicamp)
  • Sylvio Gadelha (UFC)
  • Vera Portocarrero (UERJ)
  • Walter Kohan (UERJ)

Programação

12/12/2011

18h-19h - Abertura da conferência

19h30-22h - Conferência de abertura:

  • Alfredo Veiga-Neto

13/12/2011

9h-11h - Mesa redonda:

  • José Gondra,
  • Lília Ferreira Lobo,
  • Maura Corsini

14-17h - Sessão de comunicações

19h30-22h - Mesa redonda:

  • Julio Groppa Aquino,
  • Sylvio Gadelha,
  • Walter Kohan

14/12/2011

9h-11h - Mesa redonda:

  • Edson Passetti,
  • Sílvio Gallo,
  • Vera Portocarrero

14-17h - Sessão de comunicações

18h-19h - Sessão especial:

  •  José Luís Câmara Leme

19h30-22h - Conferência de encerramento:

  • Margareth Rago

Comissão Científica

  • Alexandre Filordi de Carvalho (UNIFESP)
  • Alexandre Simão Freitas (UFP)
  • Armindo Quilici (UFU - FACIP)
  • Carmen Lúcia Soares (Unicamp)
  • Celso Kraemer (FURB)
  • Denise Bernuzzi de Sant'Anna (PUC/SP)
  • Durval Muniz de Albuquerque Júnior (UFRN)
  • Geórgia Cristina Amitrano (UFU)
  • Guilherme Castelo Branco (UFRJ)
  • José Ternes (UCG)
  • Maria Bernardete Ramos Flores (UFSC)
  • Marilda Ionta (UFV)
  • Márcio Mariguela (UNIMEP)
  • Maria Rita de Assis César (UFPR)
  • Pedro Ângelo Pagni (UNESP)
  • Tereza Cristina Barreto Calomeni (UFF)

Comissão Organizadora

  • André Fabiano Voigt - UFU/INHIS/PPGHIS
  • Alexandre Guimarães Tadeu de Soares – UFU/INFILO/PPGFIL
  • Haroldo de Resende (coordenador geral) - UFU/FACED/PPGE
  • Luiz Carlos Avelino da Silva - UFU/IP/PPGPSI
  • Márcio Ferreira Souza – UFU/ DECIS/PPGCS
  • Márcio Danelon - UFU/FACED/PPGE
  • Raquel Discini - UFU/FACED/PPGE

Realização

Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Programa de Pós-Graduação em Educação
Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Programa de Pós-Graduação em História

Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Inscrições

Os interessados podem se inscrever tanto como ouvintes, como também submetendo à análise da Comissão Científica propostas de apresentação de trabalho através de comunicação oral na modalidade individual que, uma vez aprovadas, terão os trabalhos organizados nas Sessões de Comunicações, segundo a pertinência das aproximações temáticas.

Instruções para efetivação da inscrição:

  • Depósito do valor correspondente à categoria de inscrição ( especificado na tabela que se encontra no fim desta página) na conta: Banco do Brasil
    Agência: 2918-1
    Conta: 57.986-6
  • Preenchimento do formulário disponibilizado no fim desta página, de acordo com o tipo de participação: com apresentação ou sem apresentação.
  • Envio do comprovante de depósito (scan/foto) para o email: cnmf@faced.ufu.br .
    Identificar como "assunto" de e-mail (subject): "Comprovante de pagamento de inscrição"

 

Lieux

  • Uberlândia/MG (38400-902, Brasil), Av. João Naves de Ávila, 2121, Campus Santa Mônica - Bloco 3Q

Dates

  • lundi 12 décembre 2011
  • mardi 13 décembre 2011
  • mercredi 14 décembre 2011

Contacts

  • FACED #
    courriel : cnmf [at] faced [dot] ufu [dot] br

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« O governo da infância », Colloque, Calenda, Publié le mardi 13 décembre 2011, http://calenda.org/206583