AccueilA crise da(s) socialização(ões)?

*  *  *

Publié le vendredi 20 avril 2012 par Marie Pellen

Résumé

No quadro da análise da turbulência gerada na normatividade constituída, é propósito do colóquio interrogar o sentido da(s) socialização(ões) na contemporaneidade. Essa interrogação debruçar-se-á sobre as transformações e mudanças familiares, a escola, as crianças e a sua educação, as relações intra e intergeracionais, as organizações de trabalho e a influência dos média. Em comum a todos estes níveis e contextos de análise, uma mesma questão: como ocorre a transmissão de valores e saberes na era da "socialização para a individualização" (Beck e Gershein-Beck) e da crise e multiplicação das narrativas fundadoras da modernidade?

Annonce

Apresentação

O campus de Gualtar da Universidade do Minho, em Braga, recebe a 19 e 20 de abril de 2012 o colóquio "A Crise da(s) Socialização(ões)?". A organização é da Association Internationale des Sociologues de Langue Française (AISLF), do Departamento de Ciências Sociais da Educação (DCSE) e do Centro de Investigação em Educação (CIEd), ambos do Instituto de Educação (IE) da UMinho; do Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS) e do Centro de Estudos Comunicação e Sociedade (CECS), ambos do Instituto de Ciências Sociais da UMinho.
 
Trata-se de um colóquio internacional, bilingue (com tradução simultânea), com conferencistas e comunicadores convidados. A primeira manhã e a tarde do segundo dia serão dedicadas a conferências especialmente encomendadas; a tarde do primeiro dia e a manhã do segundo dia terão dois painéis cada (total de quatro), cada um deles com dois comunicadores e um comentador. Uma sessão especial será dedicada à discussão de posters, aplicações multimédia e "distribued papers" sobre o tema do colóquio (em português e francês) apresentando resultados de pesquisa de terreno. Dois comentadores encarregar-se-ão da apresentação. Serão selecionados 30 "produtos comunicantes".

Contextualização

No quadro da análise da turbulência gerada na normatividade constituída, é propósito do colóquio interrogar o sentido da(s) socialização(ões) na contemporaneidade. Essa interrogação debruçar-se-á sobre as transformações e mudanças familiares, a escola, as crianças e a sua educação, as relações intra e intergeracionais, as organizações de trabalho e a influência dos média. Em comum a todos estes níveis e contextos de análise, uma mesma questão: como ocorre a transmissão de valores e saberes na era da "socialização para a individualização" (Beck e Gershein-Beck) e da crise e multiplicação das narrativas fundadoras da modernidade? Será que o conceito de socialização ainda nos fundeia num porto seguro de análise da produção do pensamento sociológico? Finalmente, será que a crise da(s) socialização(ões) não será, também, a crise do próprio conceito de "socialização"? Que outras formas de pensar o social se disponibilizam para pensar os processos de construção dos laços sociais?

Programa

Universidade do Minho, Campus de Gualtar,

AUDITÓRIO B1, Complexo Pedagógico 2

DIA 19 de abril de 2012/ 19 avril 2012

09h30 –Abertura/Session d’Ouverture

10h00 – Conferência/Conférence

  • André Petitat (Univ. de Lausanne, Suisse)

11h00 –pausa para café/pause café

11h30 – Painel Educação e processos de socialização /L’éducation et les processus de socialisation .

  • Jean Louis Derouet (Université de Lyon, France)
  • José Alberto Correia (FPCE/Univ. do Porto, Portugal)

Comentador/commentateur: Almerindo Afonso (IE/Univ. Minho, Portugal)

13h00 – Pausa para almoço/pause déjeuner

14h30 – Painel Socialização e vida íntima/ Socialisation et vie intime

  • Ana Nunes de Almeida (ICS/Univ. Lisboa, Portugal)
  • Didier Vranken (Université de Liège, Belgique)

Comentador/commentateur: Jean-Martin Rabot (ICS/Univ. Minho, Portugal)

16h00 – pausa para café/pause café

16h30 – Discussão de posters e distributed papers/discussion des posters et des “distributed papers”

  • Manuel Sarmento (IE/Univ. Minho, Portugal)
  • Imed Mellit (Univ. Tunes, Tunisie)

18h30 –Verde de Honra/Pot d’honneur

DIA 20 de abril de 2012/ 20 avril 2012

09h30 – Painel A Infância e a crítica do conceito de socialização / L'enfance et la critique du concept de socialisation

  • Régine Sirota (Univ. Paris- René Descartes, France)
  • Manuela Ferreira (Univ. Porto, Portugal)

Comentador/Commentateur: Leni Vieira Dornelles (Univ. Fed. Rio Grande do Sul, Brasil)

11h00 – Pausa para café/pause café

11h30 –Painel Juventude multidimensional ; os mundos da cultura e do trabalho/La jeunesse muldimensionellle: les mondes de la (des) culture(s) et du travail

  • Johanne Charbonneau (Univ. Montreal, Canadá )
  • João Teixeira Lopes (Univ. Porto, Portugal)

Comentador/commentateur: Carlos Alberto Gomes (Univ. Minho, Portugal)

13h00 – pausa para almoço/pause déjeuner

14h30 – Painel Diferenças e Desigualdades: Constrangimentos sobre a socialização/ Différences et inégalités: les contraintes de la socialisation

  • Manuel Carlos Silva (Univ. Minho, Portugal)
  • Jean Ruffier (Univ de Lyon, France)

Comentador/Commentateur: Fernando Bessa (Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro)

16h00 – pausa para café/pause café

16h30 – Conferência de Encerramento/Conference de clôture

  • Moisés Martins (Univ. Minho, Portugal)

Catégories

Lieux

  • Campus de Gualtar (Universidade do Minho)
    Bragança Paulista, Brésil

Dates

  • jeudi 19 avril 2012
  • vendredi 20 avril 2012

Contacts

  • Prof. Manuel Jacinto Sarmento
    courriel : sarmento [at] ie [dot] uminho [dot] pt
  • Profª Ângela Matos
    courriel : cics [at] ics [dot] uminho [dot] pt

URLS de référence

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« A crise da(s) socialização(ões)? », Colloque, Calenda, Publié le vendredi 20 avril 2012, http://calenda.org/208303