AccueilO medicamento nos sistemas de saúde

*  *  *

Publié le jeudi 03 mai 2012 par Marie Pellen

Résumé

No contexto actual de crise económica e financeira em que vive a União Europeia, e uma crescente escassez dos recursos, a sustentabilidade futura dos sistemas de saúde torna-se um desafio essencial. O acesso dos cidadãos ao medicamento torna-se um factor crítico particularmente nos casos em que constitui uma variável fundamental do direito à saúde. A problemática do medicamento leva-nos também às questões relacionadas com a globalização e os desafios que lhe estão associados onde sobressaem os determinantes sociais e os riscos em saúde no contexto global.

Annonce

O CALASS - XXIII Congresso da Associação Latina de Análise dos Sistemas de Saúde - terá início no dia 9 de Setembro de 2012, domingo, com um programa cultural durante o dia e a
sessão de abertura ao fim da tarde. As sessões decorrerão dias 10 e 11, segunda e terça-feira, tendo sido reservada quarta-feira, dia 12 de Setembro para a realização de ateliês temáticos.

Tema principal : O medicamento nos sistemas de saúde

O desenvolvimento crescente do conhecimento no que respeita à indústria farmacêutica e ao medicamento tem tido impactos nas políticas e nos sistemas de saúde. O carácter estratégico do medicamento e a importância que adquiriu nas nossas sociedades, torna-o uma variável fundamental na definição de políticas de desenvolvimento e sustentabilidade dos sistemas de saúde.

No contexto actual de crise económica e financeira em que vive a União Europeia, e uma crescente escassez dos recursos, a sustentabilidade futura dos sistemas de saúde torna-se um desafio essencial. O acesso dos cidadãos ao medicamento torna-se um factor crítico particularmente nos casos em que constitui uma variável fundamental do direito à saúde.

A problemática do medicamento leva-nos também às questões relacionadas com a globalização e os desafios que lhe estão associados onde sobressaem os determinantes sociais e os riscos em saúde no contexto global.

Da articulação do medicamento com as políticas de saúde emerge uma grande diversidade de temas e problemas susceptíveis de serem analisados e discutidos, cujos enquadramentos vão desde a crise económica europeia, o envelhecimento demográfico e os seus reflexos na saúde ou ainda a globalização e os constrangimentos no acesso a cuidados nos países em desenvolvimento

Tendo em conta os objectivos da Alass este congresso, que vai decorrer em Lisboa em 2012, propõe o debate e a discussão a partir de questões como:

  • Que problemas são identificados nos sistemas de saúde face ao medicamento?
  • Como se processa o acesso ao medicamento tendo em conta os diferentes sistemas de saúde?
  • Que políticas de medicamento na equação da sustentabilidade dos sistemas de saúde?
  • Que questões éticas se levantam quando equacionamos direito à saúde e governamentalidade dos sistemas de saúde?
  • Que desafios críticos para os sistemas de saúde num quadro de mudança e globalização pautado pelas metas de sustentabilidade, qualidade e equidade?

Temas a desenvolver

  • Acesso ao medicamento
  • Modelo de financiamento
  • Equidade
  • Custos
  • Co-pagamento
  • Regulação
  • Os Medicamentos nos Sistemas de Saúde
  • Doenças crónicas, esperança de vida e custos da inovação terapêutica
  • Inovação, mais-valias terapêuticas e custo efectividade
  • Investigação clínica como componente de sustentabilidade
  • Limites dos genéricos como factor de contenção de custos
  • Ética societal, ética médica e acesso à terapêutica nos Sistemas de Saúde
  • Leis Constitucionais e o direito à Saúde
  • Propriedade intelectual e acesso ao medicamento
  • Direito à protecção de saúde e constrangimentos financeiros dos Estados
  • Doença rara face à doença crónica – decisões éticas ou económicas?
  • Limites dos direitos individuais nos Sistemas de Saúde
  • O medicamento e os desafios críticos para os sistemas de saúde: globalização, sustentabilidade e qualidade
  • A sustentabilidade dos sistemas de saúde e a qualidade na prestação de cuidados
  • Cidadania, direitos sociais e Estado na Saúde
  • Acesso e utilização dos serviços de saúde
  • Saúde pública e determinantes sociais e globais de risco
  • Saúde Global e os sistemas de saúde
  • Envelhecimento demográfico, transformações societais e medicamento
  • Envelhecimento e gestão da doença
  • Consumo de medicamentos
  • Doenças crónicas, terapêuticas e medicamentos

Todos os trabalhos de investigação orientados para estes temas e questões, para aspectos específicos das mesmos, e apresentação de respostas são bem vindos. O envio das propostas para comunicações coordenadas deverá especificar o número da sessão.

Línguas do congresso

As línguas oficiais do Congresso são as línguas latinas. Os resumos, os textos para o prémio de excelência e as apresentações aquando do Congresso, poderão fazer-se em qualquer língua neolatina: francês, espanhol, italiano, português, entre outras. Durante o congresso não haverá tradução simultânea.

Se a apresentação oral for feita em francês, os slides deverão necessariamente estar em algum dos outros idiomas (espanhol, italiano, portugues, romeno e catalão). Se a apresentação for feita em espanhol, italiano, portugues, romeno ou catalão os slides deverão estar necessariamente em francês.

Esta regra permite que a compreensão por parte de todos os participantes seja mais fácil.

Os posters deverão incluir um resumo redigido em francês e num outro idioma latino.

Propostas de comunicação

Cada proposta de comunicação, deve adotar o seguinte modelo, sem ultrapassar duas páginas (de 400 a 800 palavras no máximo) :

• a seleção do tema : tema principal do CALASS 2012 ou algum dos outros temas da ALASS

• a seleção da sessão, se for sobre algum tema principal do CALASS 2012 : escolher uma das sessões propostas

• título da comunicação;

• os autores e suas instituições profissionais;

• endereço, e-mail e número de telefone do autor com quem devemos fazer contato;

• os objetivos da investigação ;

• o contexto e a descrição do problema ;

• as teorias, os métodos, os modelos e os materiais utilizados ;

• os resultados e a discussão ;

• as contribuições e o interesse da comunicação em relação ao estado da arte ou às práticas atuais;

• cinco palavras chave.

A avaliação das propostas de comunicação será realizada com base na qualidade, originalidade e clareza.

Comunicações

O texto final e completo compreende de 5000 a 10.000 palavras. Um resumo de 100 a 200 palavras em outra língua latina deve preceder o texto final com cinco palavras chave, os nomes dos autores e seu endereço profissional.

Apresentação Oral

As apresentações orais têm uma duração média de 15 a 20 minutos. É indispensável que a apresentação oral seja num idioma diferente do suporte visual (power point, transparências). Se a apresentação oral for feita em francês, os slides deverão estar, necessariamente, noutro dos idiomas latinos (espanhol, italiano, português, romeno e catalão). Se a apresentação for feita em espanhol, italiano, português, romeno ou catalão os slides deverão estar necessariamente noutro idioma latino.

Poster

Encorajamos a apresentação de posters. A proposta deve ter uma estrutura semelhante à das comunicações (ver acima). Cada poster não deve ultrapassar 10.000 palavras e deve conter um resumo escrito em francês e num outro idioma latino. Existe um espaço de exposição reservado aos posters durante todo o congresso. Uma sessão específica será dedicada à apresentação dos posters pelos autores.

Organização das sessões

Convidam-se as pessoas interessadas em organizar uma sessão sobre um assunto específico a apresentarem o mais rápido possível o seu projeto a alass@alass.org

O organizador de uma sessão deverá obter pelo menos três comunicações que tratem do tema específico para a sessão proposta

Participação simples

Todos os interessados podem assistir às atividades do Congresso, mesmo sem apresentar comunicações, posters ou sem organizar sessões.

Todas as propostas de participação com comunicações ou posters, além das propostas de organização de sessões, devem ser encaminhadas até 30 de Abril de 2012 à secretaria técnica:

alass@alass.org
Fax: + 34 93 202 33 17
ALASS- Apartado de Correos 12098
E-08006 Barcelona

Calendário

30.04.2011 Data limite para o envio de resumos que aparecerão no programa preliminar.
30•05•2011 Notificação de aceitação por parte da Secretaria de ALASS.
15•07•2011 Último prazo para encaminhar o texto completo da comunicação ou do poster,
permitindo concorrer ao prémio de excelência e estar incluído no programa definitivo.
15.08.2011 Data limite para aceitar as propostas de comunicação o poster. Os textos que chegarem após esta data só poderão ser inseridos no site da ALASS.
Importante: Apenas os participante que tiverem se inscrito regularmente no Congresso poderão apresentar as comunicações e os posteres.

COMITÉ DE PROGRAMA

  • Antonio Alfano, Italia
  • Joan Barrubés, España
  • Georges Borges da Silva, France
  • Carles Civit Llort, España
  • Monica De Angelis, Italia
  • Carlo De Pietro, Italia
  • Gianfranco Domenighetti, Svizzera
  • Guy Durant, Belgique
  • Ana Alexandre Fernandes, Portugal
  • Cécile Fontaine, Belgique
  • Marie-Pierre Gagnon, Canada
  • Berta Maria Iradier, España
  • Marie Lise Lair-Hillion, Luxembourg
  • Ana Maria Malik, Brasil
  • Catherine Maurain, France
  • Luca Merlini, Svizzera
  • Jean-Claude Praet, Belgique
  • Frédérique Quidu, France
  • Alfredo Rivas, España
  • Carmen Tereanu, România
  • Carolina Tetelboin Henrion, México
  • Hubert Wallot, Québec
  • Véronique Zardet, France

COMITÉ DE ORGANIZAÇÃO LOCAL

  • Ana Fernandes (ISCSP/UTL/ CESNOVA/UNL)
  • Gilles Dussault (IHMT/UNL)
  • Hilson Cunha Filho (CESNOVA/UNL)
  • Inês Gomes (CESNOVA/UNL)
  • Jorge Torgal (FCM/CISCOS/UNL)
  • Luciana Bastos (Min Saúde)
  • Michelle Bruheim (CAPP/ISCSP)
  • Patrícia Campaniço (CAPP/ISCSP) /UTL)
  • Paula Lobato de Faria (ENSP/UNL)
  • Paula Vasconcelos (DGS)
  • Rita Burnay (CESNOVA/UNL)
  • Sónia Dias (IHMT/UNL)
  • Vitória Mourão (ISCSP/CAPP/UTL)
  • Paulo Sousa (ENSP/UNL)

Lieux

  • Av. do brasil, 53 (Infarmed)
    Lisbonne, Portugal

Dates

  • lundi 30 avril 2012

Contacts

  • Associação Latina de Análise dos Sistemas de Saúde
    courriel : alass [at] alass [dot] org

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« O medicamento nos sistemas de saúde », Appel à contribution, Calenda, Publié le jeudi 03 mai 2012, http://calenda.org/208444