AccueilInterfaces da lusofonia

*  *  *

Publié le lundi 26 novembre 2012 par Marie Pellen

Résumé

A conferência Interfaces da Lusofonia, inserida no âmbito do projecto Narrativas Identitárias e Memória Social, foi planeada para balizar as noções de lusofonia que têm vindo a ser estudadas a partir de diversas perspectivas, as quais, muitas vezes, se auto-excluem. Tratando-se de um projecto interdisciplinar, interessa pensar a lusofonia a partir da intersecção de disciplinas e áreas de saberes, de forma a promover um debate informado sobre o tema.

Annonce

Apresentação

Os debates sobre a Lusofonia têm vindo a focalizar-se em alguns conteúdos difusos e dispersos, ora privilegiando a língua, ora a interação no domínio cultural, ora ainda dando relevo a uma matriz pós-colonial que permite olhar criticamente o conceito. Estes debates produzem importantes centralidades analíticas, tendendo porém a autoexcluirem-se mutuamente. Contribuem, para este “estado da arte”, o peso das fronteiras científicas e das diferentes tradições disciplinares, fatores que têm o efeito indesejável de parcializar e fragmentar um objeto que ganharia em ser visto de forma integrada. 

O conceito de Lusofonia tem uma genealogia e uma história; remete para um conjunto de representações, umas que privilegiam idealizações, outras que o estigmatizam; tem servido aproveitamentos políticos e ambições económicas, do mesmo modo que alimenta proveitosas aproximações entre artistas, empresários e académicos. Espartilhada entre uma nostalgia lusocêntrica, que teima em sonhar impérios, e uma crítica pós-colonial, que procura plataformas de entendimento no presente e para o futuro, a Lusofonia parece prestar-se, por um lado, a equívocos e a simplificações, bem como, por outro lado, a formulações promotoras do diálogo intercultural. 

A Conferência Internacional “Interfaces da Lusofonia” tem como proposta fundamental pensar a Lusofonia na interseção de olhares, de interpretações e de saberes. Mais do que no reforço de uma tradição disciplinar, assentará na ideia da porosidade das fronteiras científicas e na convicção de que o cruzamento de olhares favorece um entendimento mais proveitoso do que é, e do que pode ser, a Lusofonia.

Chamada para comunicações

Os debates sobre a Lusofonia têm vindo a focalizar-se em alguns conteúdos difusos e dispersos, ora privilegiando a língua, ora a interação no domínio cultural, ora ainda dando relevo a uma matriz pós-colonial que permite olhar criticamente o conceito. Estes debates produzem importantes centralidades analíticas, tendendo porém a autoexcluirem-se mutuamente. Contribuem, para este “estado da arte”, o peso das fronteiras científicas e das diferentes tradições disciplinares, fatores que têm o efeito indesejável de parcializar e fragmentar um objeto que ganharia em ser visto de forma integrada.

O conceito de Lusofonia tem uma genealogia e uma história; remete para um conjunto de representações, umas que privilegiam idealizações, outras que o estigmatizam; tem servido aproveitamentos políticos e ambições económicas, do mesmo modo que alimenta proveitosas aproximações entre artistas, empresários e académicos. Espartilhada entre uma nostalgia lusocêntrica, que teima em sonhar impérios, e uma crítica pós-colonial, que procura plataformas de entendimento no presente e para o futuro, a Lusofonia parece prestar-se, por um lado, a equívocos e a simplificações, bem como, por outro lado, a formulações promotoras do diálogo intercultural.

A Conferência Internacional “Interfaces da Lusofonia” tem como proposta fundamental pensar a Lusofonia na interseção de olhares, de interpretações e de saberes. Mais do que no reforço de uma tradição disciplinar, assentará na ideia da porosidade das fronteiras científicas e na convicção de que o cruzamento de olhares favorece um entendimento mais proveitoso do que é, e do que pode ser, a Lusofonia.

Neste sentido, convidam-se à participação investigadores que, a partir dos campos das ciências sociais e humanas, das artes e das letras, se tenham dedicado à investigação e à reflexão sobre a Lusofonia. Surgindo no encerramento de um projeto de investigação “Narrativas identitárias e memória social: a (re)construção da Lusofonia em contextos interculturais”, esta conferência visa alargar e complexificar o debate não só em torno dos resultados do mesmo, mas sobretudo em torno da investigação e da reflexão produzidas por toda a comunidade científica e artística sobre o tema da Lusofonia. Pretende ser, também, um amplo espaço de participação e de confronto de ideias, ambicionando não um lugar de chegada mas a virtude da construção de um caminho.

Esperamos que esta conferência possa enriquecer um debate informado e interdisciplinar, favorecendo o desenvolvimento de olhares críticos e estimulando novos percursos de investigação. Para o efeito, contará com a participação de reputados especialistas, investigadores e artistas de várias disciplinas e de diversas regiões do globo, envolvidos em projetos relacionados com este tema.

Desta conferência resultará a publicação de um e-book com comunicações selecionadas.

Para além do programa científico, esta conferência contará com um diversificado programa cultural e social.

Para participar, envie um resumo de até 300 palavras para uma comunicação oral ou um poster e uma breve biografia de cerca de 150 palavras para a organização da conferência: nims@ics.uminho.pt

As propostas de comunicação oral ou poster deverão ser submetidas em português, contendo: nome, afiliação académica, contactos e sessão temática na qual se enquadra a comunicação.

Sessões temáticas:

  • Arte e cultura nos países lusófonos;
  • Culturas locais / Culturas globais;
  • Diversidade linguística e políticas da língua;
  • Identidades no espaço lusófono;
  • Indústrias culturais e promoção da lusofonia;
  • Lusofonia e globalização;
  • Lusofonia na era digital;
  • Lusofonia nas relações internacionais;
  • Os media no espaço lusófono;
  • Pensadores e pensamento sobre questões de Lusofonia;
  • Percursos de desenvolvimento nos países da CPLP;
  • Trânsitos e migrações no espaço lusófono.

O prazo para o envio de propostas termina a 28 de Fevereiro de 2013; a notificação sobre a aceitação das comunicações e posters será realizada até o dia 31 de Março de 2013.

Brevemente serão disponibilizadas mais informações sobre a conferência no website:  http://www.lasics.uminho.pt/idnar

Para questões relacionadas ao envio de propostas, por favor, contacte Lilia Abadia: b5847@ics.uminho.pt

Organização:

  • Equipa do projeto de investigação “Narrativas identitárias e memória social: a (re)construção da lusofonia em contextos interculturais”
  • Centro de Estudos em Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho

Apoios e parcerias:

  • Núcleo de Estudos Lusófonos - Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo
  • Pessoa – Revista de Literatura Lusófona
  • Casa de Portugal de São Paulo
  • Conexão Lusófona
  • Associação BUALA
  • Rádio Moçambique

Lieux

  • Universidade do Minho
    Braga, Portugal

Dates

  • jeudi 28 février 2013

Contacts

  • ICS - Universidade do Minho
    courriel : nims [at] ics [dot] uminho [dot] pt

URLS de référence

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« Interfaces da lusofonia », Appel à contribution, Calenda, Publié le lundi 26 novembre 2012, http://calenda.org/227042