AccueilAnular o destino

*  *  *

Publié le mardi 15 janvier 2013 par Marie Pellen

Résumé

Anular o destino”, expressão emprestada do filósofo americano Ralph W. Emerson e citada por Pacheco Pereira num artigo do Público de 24 de novembro de 2012, pareceu-nos especialmente adequada para título deste colóquio, não como obrigação restrita aos intelectuais, mas como uma ação de cidadania global. Num contexto social e político particularmente difícil a arte surge de novo como meio de observação e interrogação privilegiado sobre o mundo, a exemplo do que tem acontecido em outros momentos críticos da história. Com a participação de alguns dos mais relevantes pensadores, investigadores e artistas da atualidade, neste colóquio será analisada e discutida a sempre renovada relação entre arte e política.

Annonce

Apresentação

"Anular o destino”, expressão emprestada do filósofo americano Ralph W. Emerson e citada por Pacheco Pereira num artigo do Público de 24 de novembro de 2012, pareceu-nos especialmente adequada para título deste colóquio, não como obrigação restrita aos intelectuais, mas como uma ação de cidadania global. Num contexto social e político particularmente difícil a arte surge de novo como meio de observação e interrogação privilegiado sobre o mundo, a exemplo do que tem acontecido em outros momentos críticos da história. Com a participação de alguns dos mais relevantes pensadores, investigadores e artistas da atualidade, neste colóquio será analisada e discutida a sempre renovada relação entre arte e política. O que pode a arte perante o mundo? E uma resposta possível para início de debate: "Eis os limites do que eu posso. O resto pertence-vos". (Jacques Rancière)

Programa

26 de Janeiro

10h30  

Sessão de abertura

10h45  Introdução ao tema: As relações entre a Arte e a Política nos séculos XX e XXI

David Santos

11h00  Painel: Representação de género, identidade e minorias

moderado por António Guerreiro e David Santos.

Oradores:

  • Manuela Ribeiro Sanches,
  • Adriana Bebiano,
  • Julião Sarmento,
  • Ângela Ferreira,
  • Vasco Araújo

12h30  

Debate

13h00

Pausa para almoço

14h30 Painel: História: trauma e esquecimento

Moderado por António Guerreiro e David Santos.

Oradores:

  • José Pacheco Pereira,
  • Irene Pimentel,
  • Hugo Canoilas,
  • Paulo Catrica,
  • Pedro Barateiro

15h30

Debate

16h00

Pausa para café

16h30 Painel: Revolução, resistência e reinvenção

Moderado por António Guerreiro e David Santos

Oradores:

  • José Neves,
  • Paulo Raposo,
  • João Tabarra,
  • Marta Traquino

17h30

Debate

18h30

Observações finais e encerramento

Lieux

  • Museu do Chiado - MNAC, Rua Serpa Pinto, 4
    Lisbonne, Portugal (1200-444)

Dates

  • samedi 26 janvier 2013

Contacts

  • MNAC
    courriel : mnac-museudochiado [at] imc-ip [dot] pt

URLS de référence

Source de l'information

  • Marta Maia
    courriel : martamaia72 [at] yahoo [dot] fr

Pour citer cette annonce

« Anular o destino », Colloque, Calenda, Publié le mardi 15 janvier 2013, http://calenda.org/235546