AccueilAs variedades do Português no ensino de Português língua materna e estrangeira

*  *  *

Publié le vendredi 06 septembre 2013 par Marie Pellen

Résumé

Depois do grande sucesso das primeiras Jornadas Pedagógicas de Português na Suécia em Estocolmo em 2012 estamos contentes em poder anunciar agora as II Jornadas Pedagógicas de Português que terão lugar na Folkuniversitet de Gotemburgo. O tema principal destas Jornadas são as variedades do Português no ensino de Português Língua Materna e Estrangeira. Gotemburgo é o lugar ideal para esta temática, uma vez que estão presentes nesta cidade associações muito ativas de angolanos, brasileiros, cabo-verdianos e portugueses. Todas estas associações apóiam as jornadas. Desta maneira estamos na expectativa de outras Jornadas inspiradoras, num clima de troca de experiências, ideias e resultados de pesquisa.

Annonce

OBJETIVO

O objetivo é de reunir professores de Português Língua Materna fora do espaço lusófono e professores de Português Língua Estrangeira nos níveis escolar e universitário, bem como na formação continuada para adultos e pesquisadores destas áreas para apresentarem projetos, experiências e pesquisas.

Formatos de participação ativa:

  • Comunicação,
  • workshop/ oficina,
  • apresentação de materiais.

Aceitamos contribuições para o foco temático principal e outros temas relacionados ao ensino de Português Língua Materna fora do espaço lusófono e Português Língua Estrangeira.
A data-limite para o envio de resumos (máximo de 500 palavras) é o dia 15 de setembro de 2013.

Para os endereços : jornadas@ispla.su.se e mariaclaranetoandersson@gmail.com

Inscrições: 500 coroas suecas por participante (inclui pausas de café de 30/10 a 1/11, entrada para a Festa de Gala e passeio turístico no sábado, dia 2 de novembro).

Ouvintes que não poderão participar da festa pagam apenas 400 coroas.

Pagamento: Participantes da Suécia: Paguem, por favor por transferência bancária para a conta da : Föreningen BrasilSverige:
Plusgiro-558252-3/Org.nr 802415-4091 

IMPORTANTE: Indique na transfêrencia:
a) Código: JP2013 b) Seu nome e sobrenome c) nome do município/ lugar de trabalho 

O pagamento será confirmado por e-mail.

Participantes de outros países poderão pagar o valor da inscrição no local.

Tema em foco:

As variedades do Português no ensino de Português Língua Materna e Estrangeira

Nas aulas de Português Língua Materna (especialmente na Suécia) é uma realidade cotidiana na sala de aula que há alunos que falam diferentes variedades de português em casa no mesmo grupo. Esta situação faz surgir questões específicas, por exemplo:

  • Como se pode desenvolver o português como língua materna num grupo heterogêneo onde os alunos falam diferentes variedades do português em casa? É possível ensinar diferentes normas?
  • Quais são as consequências para materiais didáticos?
  • Como se coloca nesta situação de diversidade a questão do ensino de cultura na aula de Português Língua Materna?
  • Quais materiais de apoio precisa a professora ou o professor para poder lidar de maneira produtiva com essa situação?

Também no ensino de Português Língua Estrangeira a questão de variedades se coloca. Em muitas instituições de ensino para adultos e universidades, os aprendentes são obrigados a optar pela variante brasileira ou europeia do Português. São também muitos os que entram em contato, no decorrer dos seus estudos, com outras variantes de Português (não raro em situação de imersão – inclusive com variantes africanas).

  • Quais são as implicações da policentricidade do Português para o ensino de PLE nos diferentes níveis (compreensão, produção, dimensões culturais)?
  • Quais são os mecanismos didáticos adequados a ter para respeitar a simpatia do aprendente por uma ou outra variante, manter a sua motivação, saber avaliá-lo e proporcionar-lhe alguma uniformidade na aprendizagem?
  • Balanço do relevo que ocupam uma e outra variante no ensino universitário do PLE.
  • Experiências de ensino integrado das variedades de português

Sug. Bibl.:
Osório, Paulo/ Deus, Sofia (2008): “Variantes linguísticas do português: das questões teóricas a um estudo de caso”, in: Estudios Portugueses: Revista de Filología Portuguesa, 8 (2008), 59-72.

Além de contribuições para este foco temático especial, serão bem-vindas propostas para outros temas relevantes no ensino de Português Língua Estrangeira e Português Língua Materna fora do Espaço Lusófono como:

  • as quatro competências (compreensão auditiva e escrita, expressão oral e escrita),
  • o ensino da gramática, a pronúncia, o vocabulário,
  • métodos, manuais, novas tecnologias,
  • trabalhos contrastivos,
  • a análise de erros,
  • a interlíngua,
  • estudos longitudinais de aquisição de português como língua estrangeira (LE) ou como língua segunda (L2) ou como língua estrangeira aprendida depois de uma ou mais outras línguas estrangeiras (L3),
  • a dimensão (inter-) cultural no ensino de Português Língua Estrangeira / Português Língua Materna fora do espaço lusófono,
  • literatura no ensino de Português Língua Estrangeira / Português Língua Materna fora do espaço lusófono,
  • testes (de diagnóstico),
  • no contexto universitário: alfabetização acadêmica em português,
  • o ensino de Português como Língua Terceira (L3),
  • tradução e ensino de línguas estrangeiras,
  • formação de professores, tradutores e intérpretes,
  • desenvolvimento de currículo de Português Língua Estrangeira,
  • e outros temas relevantes para a área.

Serão bem-vindas contribuições que apresentem pesquisas, relatos de experiências concretas (identificando problemas ou apresentando experiências de boas práticas), ou apresentem materiais.

Devido ao foco temático principal convidamos também trabalhos lingüísticos que comparem duas ou mais variedades de português ou tratem de uma das variedades menos pesquisadas.

Duração das atividades:

  • Apresentação de materiais 30 min
  • Comunicação : 30 min + 15 min (debate)
  • Workshop : 60 min

DEADLINE

O prazo para a participação com comunicação foi prolongado até o dia 15 de setembro de 2013.

Conferencistas convidados:  

Profa. Augusta Alves (Alcochete) (apoio da Embaixada de Portugal)

Profa. Dra. Isable Margarida Duarte (Universidade do Porto) (apoio da Embaixada de Portugal)

Profa. Dra. Liliana Gottheim,
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) (apoio da Embaixada do Brasil)
Tema da palestra: Que princípios de ensino-aprendizagem orientam as nossas aulas de PLE?

Profa. Dra. Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) (apoio da Embaixada do Brasil)

Prof. Dr. Ingmar Söhrman (Universidade de Gotemburgo)
Tema da palestra: ”A importância esquecida da prosódia”

Workshops (confirmados até o dia 15 de agosto):

  • A criação de materiais didáticos temáticos para as aulas de PLE (ministrado pela professora Liliana Gottheim, Unicamp, Brasil).
  • Elaboração de uma sequência pedagógica para a utilização online de materiais didáticos em PLE (ministrado pela professora Liliane Santos, Université Charles-de-Gaulle – Lille 3, França) 
  • Workshop de Escrita Criativa (ministrado pelo professor Nuno Cotter, Universidade de Estocolmo, Suécia)  

Comunicações (confirmadas até o dia 15 de agosto): 

  • Ana Paula Carneiro Klason (Borås Kommun, Suécia):

”Os desafios do ensino de língua materna no exterior e sugestões para o docente dentro e fora da sala de aula” 

  • Augusto Ângelo Nascimento Araújo (Universidade de São Paulo, Brasil):

“O ensino de Português do Brasil na formação de tradutores no Leste Europeu” 

  • José Mario Botelho (Universidade do Estado do Rio de Janeiro, FFP/UERJ e ABRAFIL, Brasil):

“As influências da escrita na oralidade de alunos de nível médio” 

  • Lucas do Nascimento (Universidade de São Paulo; Brasil):

”Diversidade e cultura linguística no ensino de português” 

  • Luciana Lousada (Linguaffin, Berlim, Alemanha):

”Interculturalmente hábil: trabalhando as dimensões interculturais no ensino de PLE” 

  • Maria da Graça Lourenço (EPE, Cantão de Ticino, Suíça ):

“O Jornal Escolar EcoLógico: fruto da colaboração de vários países” 

  • Maria Teresa Nóbrega Duarte Soares (EPE, Nürnberg, Alemanha):

“O PORTUGUÊS PARA MIM Ê SABOR A MORANGOS“: O valor da Língua Portuguesa nas Comunidades e a sua significação como língua de afeto. Os “sabores” e “valores” da língua: Uma nova era do Ensino Português no Estrangeiro, novos alunos, novas estratégias” 

  • Mary-Anne Eliasson (Universidade de Estocolmo, Suécia):

“A competência linguística de alunos de Português como Língua de Herança” 

  • Walkiria França Vieira e Teixeira (UNESP, São José do Rio Preto, Brasil) /Miriam Lúcia dos Santos Jorge (UFMG, Belo Horizonte, Brasil): 

“Aprendizagem de Português e etnografia, buscando uma formação intercultural: Estranhamentos e Significações de estudantes estrangeiros / intercambistas no Brasil”

Catégories

Lieux

  • Folkuniversitetet - Norra Allégatan, 6
    Göteborg, Suède

Dates

  • dimanche 15 septembre 2013

Mots-clés

  • Portugais Langue Etrangère; Portugais Langue d'Héritage

Contacts

  • Thomas Johnen
    courriel : jornadas [at] ispla [dot] su [dot] se
  • Maria Clara Neto Andersson
    courriel : mariaclaranetoandersson [at] gmail [dot] com

Source de l'information

  • Thomas Johnen
    courriel : jornadas [at] ispla [dot] su [dot] se

Pour citer cette annonce

« As variedades do Português no ensino de Português língua materna e estrangeira », Appel à contribution, Calenda, Publié le vendredi 06 septembre 2013, http://calenda.org/258102