AccueilMarcas do Império

Marcas do Império

Colonialismo e Pós-Colonialismo na Época Contemporânea

*  *  *

Publié le mardi 25 mars 2014 par Marie Pellen

Résumé

O IHC e o CRIA vêm propor com esta nova edição do seminário Marcas do Império - Colonialismo e Pós-Colonialismo na Época Contemporânea, cujas sessões terão lugar entre Abril e Julho de 2014, um espaço de reflexão e de diálogo em torno das mais recentes linhas de investigação dedicadas ao colonialismo português. Investigadores de História, de Antropologia e de outras áreas apresentarão os resultados das suas pesquisas, numa óptica formativa que visa evidenciar a actualidade, indissociavelmente científica e política, de uma abordagem do colonialismo em geral, e do português em particular; ilustrar a pluralidade das formas de análise do objecto colonial; e mostrar a inovação conceptual e metodológica da investigação que se tem centrado na problemática colonial.

Annonce

Nos últimos anos tem-se assistido a um interesse crescente, no âmbito das ciências sociais em Portugal, por temáticas relacionadas com o colonialismo português e com as marcas que o mesmo deixou naquilo que designamos como pós-colonial. Áreas de investigação como a história, a antropologia e a sociologia, mas também os estudos literários e os estudos culturais, têm vindo a abordar o colonialismo e a guerra colonial nas suas mais diversas vertentes: a história política e militar do “império” e da sua preservação defensiva; a legitimação ideológica e as estratégias de representação ou de simbolização identitária do colonialismo; a construção e colaboração dos saberes científicos, particularmente da ciência antropológica, ao serviço da ordem colonial; as políticas coloniais de controlo e governança das populações; a manipulação do étnico e do religioso por essas mesmas políticas; as estratégias de resistência do colonizado e as lutas anticoloniais; as vicissitudes da inserção do sistema colonial português no quadro das relações internacionais; o impacto da cultura colonial nas sociabilidades do quotidiano; os efeitos da experiência colonial nas trajectórias pós-coloniais da emigração e nos padrões de integração em Portugal dos imigrantes de países lusófonos. Se determinadas abordagens optam por focar aspectos específicos, como a mobilização dos aparelhos repressivos e da intelligence no combate aos movimentos nacionalistas, outras procuram desenvolver métodos comparativos de modo a inserir o colonialismo português na lógica global dos colonialismos europeus, identificando eventuais cumplicidades e a circulação de técnicas de poder entre os diferentes sistemas de dominação colonial. Muitos destes trabalhos de investigação têm vindo também a desafiar e a reconfigurar conceitos, repensando metodologias e abrindo-se a novos objectos de análise – nomeadamente a fotografia e a arquitectura, a viagem e o lazer em contextos coloniais –, ao mesmo tempo que questionam as próprias noções de colonialidade e pós-colonialidade.
Tendo em mente estes desenvolvimentos, o IHC e o CRIA vêm propor, com o presente seminário, um espaço de reflexão e de diálogo em torno das mais recentes linhas de investigação dedicadas ao colonialismo português. Investigadores de História, de Antropologia e de outras áreas apresentarão os resultados das suas pesquisas, numa óptica formativa que visa três objectivos:

  • Evidenciar a actualidade, indissociavelmente científica e política, de uma abordagem do colonialismo em geral, e do português em particular;
  • Ilustrar a pluralidade das formas de análise do objecto colonial;
  • Mostrar a inovação conceptual e metodológica da investigação que se tem centrado na problemática colonial.

Calendário

Local: FCSH, Universidade Nova de Lisboa

10 de Abril

18h-20h – sala Multiusos 2, piso 4, Edifício ID

Medicina em contexto colonial

  • Ricardo Castro (IHC/CIUCHT-UL/UNL)
  • Jorge Varanda (CRIA/IHMT-UNL)

22 de Abril

18h-20h – sala 0.05 (Anfiteatro), piso 0, Bloco 1

Autoridades tradicionais

  • Clara Carvalho (CRIA)
  • Fernando Florêncio (Universidade de Coimbra)

6 de Maio

18h-20h – sala 0.05 (Anfiteatro), piso 0, Bloco 1

Arquitectura em contexto colonial

  • José Manuel Fernandes (FA-UL)
  • Eduardo Ascensão (CEG-UL)

29 de Maio

18h-20h – sala Multiusos 3, piso 4, Edifício ID

Cinema e Império

  • Maria do Carmo Piçarra (ISCTE)
  • Ansgar Schaeffer (IHC, FCSH-UNL)

3 de Junho

18h-20h – sala 0.07, piso 0, Edifício ID

Ciência e império

  • Cláudia Castelo (CIUCHT-UL/UNL)
  • Marta Macedo (CIUCHT-UL/UNL)

17 de Junho

18h-20h – sala 1.05, piso 1, Edifício ID

Fotografia, viagem e império

  • Filipa Vicente (ICS-UL)
  • Maria Cardeira da Silva (CRIA)

9 de Julho

18h-20h – sala 1.05, piso 1, Edifício ID

A Commonwealth e a Francophonie

  • Sue Onslow (Institute of Commonwealth Studies)
  • Mélanie Torrent (Université Paris Diderot – Paris 7)

Catégories

Lieux

  • FCSH-UNL, Av. de Berna
    Lisbonne, Portugal

Dates

  • jeudi 10 avril 2014
  • mardi 22 avril 2014
  • mardi 06 mai 2014
  • jeudi 29 mai 2014
  • mardi 03 juin 2014
  • mardi 17 juin 2014
  • mercredi 09 juillet 2014

Fichiers attachés

Mots-clés

  • Colonialismo, Pós-Colonialismo

Contacts

  • Bárbara Direito
    courriel : barbaradireito [at] gmail [dot] com

Source de l'information

  • Bárbara Direito
    courriel : barbaradireito [at] gmail [dot] com

Pour citer cette annonce

« Marcas do Império », Cycle de conférences, Calenda, Publié le mardi 25 mars 2014, http://calenda.org/283006