Página inicialÁfrica e america latina: interações transatlânticas

África e america latina: interações transatlânticas

Afrique et Amérique latine : interactions transatlantiques

África y Latinoamérica: interacciones trasatlánticas

Africa and Latin America - transatlantic interactions

*  *  *

Publicado Terça, 12 de Setembro de 2017 por João Fernandes

Resumo

O Centro de Estudos e de Pesquisas Afro- Ibero-Americanas (CERAFIA) representa um dos centros de pesquisa da Faculdade de Letras e Ciências Humanas (FLSH) da Uni- versidade Omar Bongo (UOB) de Libreville (Gabão). Foi fundado no 17 de junho de 1998. Inicialmente, um pequeno grupo de docentes-pesquisadores especializados nos estudos latino-americanos intencionou criar um espaço que lhes oferecesse a oportunidade de desenvolver suas carreiras num país francófono como o Gabão. A segunda ambição foi proporcionar ao Gabão, envolto por países hispanófonos e lusófonos, uma expertise que lhe permita administrar seu ambiente internacional mediato e imediato.

Anúncio

Apresentação

O Centro de Estudos e de Pesquisas Afro- Ibero-Americanas (CERAFIA) representa um dos centros de pesquisa da Faculdade de Letras e Ciências Humanas (FLSH) da Uni- versidade Omar Bongo (UOB) de Libreville (Gabão). Foi fundado no 17 de junho de 1998. Inicialmente, um pequeno grupo de docentes-pesquisadores especializados nos estudos latino-americanos intencionou criar um espaço que lhes oferecesse a oportunidade de desenvolver suas carrei- ras num país francófono como o Gabão. A segunda ambição foi proporcionar ao Gabão, envolto por países hispanófonos e lusófonos, uma expertise que lhe permita administrar seu ambiente internacional mediato e imediato. Dessa forma, o CERA-

  • As línguas, as literaturas e as civilizações africanas, ibéricas, ibero-americanas e afro-ibero- americanas
  • As relações passadas, presentes e futuras entre a África, a Europa Ibérica, os mundos hispânicos e lusófonos
  1. No âmbito desses objetivos de promoção de pesquisas e de difusão de conhecimen- tos, o CERAFIA desenvolveu suas atividades considerando 4 eixos:
  2. Orientação e acompanhamento de estu- dantes nos estudos sobre América Latina. Muitos entre eles já se formaram nessa área e outros são doutorandos na França e na Espanha.
  3. Acompanhamento de jovens assistentes especializados nos estudos latino- americanos. Entre eles, alguns conquista- ram o estatuto de Mestre-Assistente do CAMES
  4. Criação e edição da revista Kilombo, numa perspectiva pluridisciplinar: antropólogos, geógrafos, sociólogos, arqueólogos, literá- rios e filósofos já publicaram trabalhos atendendo aos objetivos do CERAFIA.
  5. Abertura para o internacional com:
    • a firmação de convenções e intercâmbios com universi- dades estrangeiras e orga- nismos internacionais
    • a organização e a participa- ção em colóquios e encon- tros científicos internacio- nais

Acolhido pela UNESCO, o CERAFIA se integrou no projeto científico “Rota da Escravi- dão” na sua qualidade de Centro de Pesquisas. Ele participou assim de diversos encontros científicos no Portugal, na Espanha, no Angola, na Guinéia Equatorial, em Cuba e no México. Recentemente, o CERAFIA se juntou ao Conselho Latino- Americano em Ciências Sociais (CLACSO) na qualidade de estrutura associada. Também foi convidado para o XX Congresso Internacional da Associação dos Colombianistas em San Diego (California, Estados-Unidos) do 03 até o 05 de agosto de 2017

São conquistas e sucessos que o CERAFIA gostaria de celebrar no próximo mês de maio 2018, com a comemoração do seu 20° aniversário de criação. Esse aniversário será marcado pela organização de um Colóquio Internacional intitulado “A África e a América Latina: interações transatlânticas”. O intuito do evento não será apenas fazer uma retrospectiva do caminho percorrido e apresentar o balanço das pesquisas realizadas no seio do CERAFIA. Se tratará sobretudo de criar novas perspectivas para o CERAFIA, refletindo sobre um novo futuro e novos objetivos. Também se tratará de consolidar a inserção pluridisciplinar do centro no quadro da pesquisa científica gabonesa, sem abrir mão das suas perspectivas comparatista e triangular entre a Europa, a África e a América Latina. Nessa ótica o Colóquio abordará novas temáticas como os efeitos da globalização, a cidadania, a ecologia, as perspectivas descoloni- ais. Naturalmente, o Colóquio se inscreve na década internacional das pessoas de ascendências africanas decretada pela ONU. Todos esses elementos levaram a definir o Colóquio a partir de três eixos de reflexão

Eixo 1 "Histórias e políticas afro-latino- americanas"

Esse eixo intenciona questionar e analisar três tipos de fenômenos: os processos socio-históricos coloniais que caracterizam a experiência negra nas Américas Latinas, as políticas públicas dos Estados latino- americanos a respeito das minorias negras afrodescendentes e as políticas ambientais. As experiências negras durante o período colonial são marcadas, de fato, por regimes de dominação e por técnicas de resistências. Nos focaremos mais especificamente nos estudos de caso dos séculos XVI a XVIII e nas diferentes colônias no intuito de apreender as diferenças e semelhanças.

Por outro lado, desde 2001 e com a consolidação de movimentos políticos afrodescendentes na América Latina, a questão política do reconhecimento e da representação das populações afro-latino- americanas foi destacada. Com base em

estudos de caso, se tratará portanto de pensar os movimentos políticos afro e os debates por eles erguidos. Enfim, nesse contexto de lutas dos movimentos negros, nos interessaremos na questão ambiental que poderá ser abordada considerando a perspectiva de estudo das políticas ambientais de determinados Estados latino-americanos.

Eixo 2 "Artes e culturas transatlânticas"

Esse eixo propõe analisar fenômenos artísticos e culturais no contexto das diásporas afro-latino-americanas. Por um lado, se tratará de apreender as produções artísticas realizadas pelas comunidades negras como as artes plásticas ou o artesanato. Podemos definir um estilo artístico? Como essas expressões artísticas e culturais foram/são recebidas? Os estudos cinematográficos desenvolvidos a respeito das experiências negras nas Américas Latinas também constituem uma das nossas problemáticas: em que medida eles permitem alcançar uma verdadeira representação dessas experiências? Por outro lado, se tratará de questionar as construções identitárias, as dinâmicas sócio-religiosas e as etnociências no seio das comunidades afro-latino-americanas.

Eixo 3 "Cruzamentos descoloniais e aproximações políticas entre a áfrica e as américas latinas"

Esse eixo intenciona questionar o alcance dos estudos descoloniais desenvolvidos nas Américas Latinas e as incidências e afinidades que esses encontram na heterogeneidade dos discursos críticos africanos a respeito dos efeitos violentos da Modernidade europeia. Com efeito, os estudos descoloniais que surgiram na América Latina a partir de um núcleo de pesquisadores   críticos  do Modernidade/Colonialidade provocam uma profunda crítica das teorias eurocêntricas da Modernidade implicando uma Colonialidade do Poder, do Saber e do Ser. Se tratará de focar-se nos cruzamentos epistemológicos e nos casos práticos desse tipo de estudos entre a África e a América Latina. Podemos, por exemplo, questionar quais são as oportunidades existentes para desenvolver tais perspectivas críticas na África e as possibilidades concretas de elaborar comparações entre estudos descoloniais latino-americanos e africanos. Nesse eixo, serão priorizadas as reflexões a respeito das pedagogias interculturais, dos etno-saberes, das semelhanças/diferenças teóricas de estudos descoloniais entre a África e a América Latina.

Submissão de propostas

O Colóquio Internacional pelos 20 anos do CERAFIA intitulado “A África e a América Latina: interações transatlânticas” ocorrerá do dia 09 até o dia 11 de maio de 2018 em Libreville no Gabão.

As propostas de contribuição deverão ser enviadas até o dia 15 de dezembro de 2017

para o e-mail: cerafia.officiel@gmail.com

As propostas aprovadas serão divulgadas até o 31 de janeiro de 2018. Os autores interessados devem enviar um resumo (máximo de 500 palavras) com o título do trabalho, especificando o nome, o e-mail e a afiliação institucional. Serão aceitas propostas em francês, espanhol e português.

Datas

  • 15 de dezembro de 2017: data limite para submissão de resumos.

  • 31 de janeiro 2018: divulgação das propostas aprovadas.

Comissão organizadora

  • Louis Fulbert NGUEMA ONGBWA, CERAFIA Département d’Études Ibériques et Latino-américaines, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Jacques OSSIEYI, CERAFIA - Département d’Études Ibériques et Latino-américaines, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Paul Raoul MVENGOU CRUZMERINO, CERAFIA - Département d’Anthropologie, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Danielle ADA ONDO, CRAHI, Département d’Études Ibériques et Latino-américaines, Université Omar Bongo (Gabão) Véronique OKOME BEKA, CERAFIA, École Normale Supérieure (Gabão)
  • Perrine MVOU, CERAFIA, École Normale Supérieure (Gabão)
  • Sébastien LEFÈVRE, Département d’Études Ibériques, Université Saint Louis (Senegal) Alexis MARTIGUES, CELAT, Université du Québec à Montréal (Canada)
  • Marine CORDE, Universidade Federal de Viçosa (UFV) (Brasil),
  • Maureen BRUNOT, Université Lumière Lyon 2 (França)
  • Martine MVENGOU CRUZMERINO, CERAFIA - Center for International Relations Studies, Université Liège (Bélgica) Sophia LAIMECHE, LADEC - Université Lumière Lyon 2 (França)

Comissão científica

  • Prof. Nicolas NGOU-MVÉ, CERAFIA - Département d’Études Ibériques et Latino- américaines, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Prof. Juan MARCHENA FERNÁNDEZ -Universidad Pablo Ovide, Sevilla (Espanha)
  • Profa. Isabel CASTRO ENRIQUES - Centro de Estudos sobre África, Asia e América Latina e Universidade de Lisboa (Portugal)
  • Profa. Elizabeth ARAIZA HERNÁNDEZ- Centro de Estudios Rurales e Colegio de Michoacán (México)
  • Profa. Rina CÁCERES - Centro de Investigaciones Históricas de América Central e Universidad de Costa Rica (Costa Rica )
  • Profa. Gladys LECHINI - Centro de Estudios en Relaciones Internacionales de Rosario e Universidad Nacional de Rosario (Argentina)
  • Prof. Guy ROSSATANGA-RIGNAULT, Département de Droit et Sciences Économiques, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Prof. Carlos Manuel VALDÉS DÁVILA, Universidad Autónoma de Coahuila, (México)
  • Prof. Bernadin MINKO MVE - LUTO DC e Département d’Anthropologie, Université Omar Bongo (Gabão)
  • Dra. Daiana NASCIMENTO DOS SANTOS - Centro de Estudios Avanzados e Universidad de Playa Ancha (Chile) José Antonio CAICEDO, Universidad del Cauca (Colômbia)

Locais

  • Libreville, Gabão

Datas

  • Sexta, 15 de Dezembro de 2017

Palavras-chave

  • transatlantique, interdisciplinarité, Afrique, Amérique latine, comparaison, dialogue, interaction, culture, politique, social, diaspora, histoire, historiographie, decolonialité, art, cinéma

Contactos

  • Fulbert Nguema
    courriel : nolf4 [at] yahoo [dot] fr
  • Jacques Ossieyi
    courriel : jamesossieyi [at] yahoo [dot] fr
  • Nicolas Ngou-Mvé
    courriel : mvepablo [at] yahoo [dot] fr
  • Paut Mvengou Cruz Merino
    courriel : pmvengou [at] yahoo [dot] fr

Fonte da informação

  • Paul Mvengou Cruz Merino
    courriel : pmvengou [at] yahoo [dot] fr

Para citar este anúncio

« África e america latina: interações transatlânticas », Chamadas de trabalhos, Calenda, Publicado Terça, 12 de Setembro de 2017, http://calenda.org/415654