HomeConfissões de género. Auto-retratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril

HomeConfissões de género. Auto-retratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril

*  *  *

Published on Wednesday, September 14, 2022 by Elsa Zotian

Summary

O/A investigador/a integrará a equipa do projeto “Confissões de género. Auto-retratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril”. Este IHA seed-project surge na sequência do trabalho desenvolvido por Bruno Marques e Eunice Ribeiro, numa colaboração entre o cluster Photography and Film Studies (IHA/NOVA FCSH) e o Grupo de Investigação em Identidade(s) e Intermedialidade(s) – Grupo2i do CEHUM. O projeto pretende estudar a dimensão política contida na representação da identidade feminina a partir da análise de autorretratos produzidos em Portugal, na arte e na literatura, por artistas e escritoras portugueses, a partir da Revolução de abril de 1974. O projeto visa contribuir com conhecimento científico para os atuais debates sobre o autorretrato nos campos da “identidade”, “género”, “sexualidade”, história da arte, estudos literários e interartes; para a criação de uma rede internacional sobre estes e outros temas afins; e promover a visibilidade internacional da história da arte ibérica. Também reforçará a dimensão internacional da pesquisa do IHA.

Announcement

Apresentação

O/A investigador/a integrará a equipa do projeto “Confissões de género. Auto-retratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril”. Este IHA seed-project surge na sequência do trabalho desenvolvido por Bruno Marques e Eunice Ribeiro, numa colaboração entre o cluster Photography and Film Studies (IHA/NOVA FCSH) e o Grupo de Investigação em Identidade(s) e Intermedialidade(s) – Grupo2i do CEHUM. O projeto pretende estudar a dimensão política contida na representação da identidade feminina a partir da análise de autorretratos produzidos em Portugal, na arte e na literatura, por artistas e escritoras portugueses, a partir da Revolução de abril de 1974. O projeto visa contribuir (1) com conhecimento científico para os atuais debates sobre o autorretrato nos campos da “identidade”, “género”, “sexualidade”, história da arte, estudos literários e interartes; (2) para a criação de uma rede internacional sobre estes e outros temas afins; e (3) promover a visibilidade internacional da história da arte ibérica. Também reforçará a dimensão internacional da pesquisa do IHA.

Concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação para Mestrando/a no âmbito da instituição de I&D IHA – Instituto de História da Arte [UIDB/00417/2020], NOVA FCSH, e do IHA seed-project Confissões de género. Autorretratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril, financiada por fundos nacionais através da FCT/MCTES (PIDDAC), nas seguintes condições:

  • Área Científica: Artes e Humanidades
  • Área Científica específica: História da Arte Contemporânea

Plano de trabalhos

  • Levantamento iconográfico e documental sobre práticas retratísticas no feminino após o 25 de Abril de 1974; Gestão de direitos autorais (imagens/textos);
  • Inventariação e catalogação de conteúdos para o website; Revisão e edição das fichas de contextualização histórica e de análise interpretativa e formal sobre cada retrato;
  • Transcrição, revisão e edição de entrevistas;
  • Apoio à edição do número especial a editar pela Revista 2i;
  • Apresentar os resultados da investigação em reuniões regulares com os responsáveis do projeto e num relatório final a entregar no final da bolsa, e numa apresentação pública a agendar pela coordenação do projeto.

Condições de emprego

  • Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido na Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian, na Biblioteca Nacional de Portugal e noutros arquivos que se venham a comprovar como relevantes em Lisboa, enquadrado pelo Instituto de História da Arte da NOVA FCSH, sob a orientação científica do Doutor Bruno Marques e a coorientação da Prof.ª Doutora Eunice Ribeiro.
  • Duração da(s) bolsa(s): A bolsa terá a duração de 5 meses, com início previsto em novembro de 2022. O contrato de bolsa não poderá ser renovado.
  • Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a €875,98, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). A este valor acresce o seguro social voluntário correspondente ao primeiro escalão, caso o/a candidato/a opte pela sua atribuição, bem como o seguro de acidentes pessoais.

Requisitos de admissão

  • Licenciatura em História da Arte, com média final não inferior a 14 valores;
  • Frequência de um mestrado em História da Arte, Museologia ou Estudos sobre as Mulheres.
  • Experiência de investigação documental em História da Arte Contemporânea;
  • Bom nível de inglês falado e escrito.

Em cumprimento do disposto no artigo 6º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT (Reg. n.º 950/2019):– Bolsa de investigação (estudante de mestrado):a) estar inscrito num mestrado integrado ou num mestrado.

Os graus académicos obtidos em países estrangeiros necessitam de registo por uma Instituição portuguesa, de acordo com o Decreto-lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, e a Portaria n.º 33/2019, de 25 de janeiro. A apresentação do certificado é obrigatória para a assinatura do contrato. Mais informação poderá ser obtida em: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento?plid=374

Métodos de seleção

A seleção dos candidatos será feita mediante avaliação curricular, na qual serão ponderados: curriculum vitae (30%), experiência de investigação (30%), carta de motivação para integrar o projeto (40%).

Serão valorizados os candidatos que, na carta de motivação, demonstrem pretender prosseguir o plano de trabalhos desenvolvido no âmbito deste projeto em dissertação de mestrado.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas

O concurso encontra-se aberto no período de 15 de agosto a 16 de setembro de 2022.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae;
  • Certificado de habilitações;
  • Comprovativo de inscrição num Mestrado nas áreas disciplinares designadas como requisito;
  • Carta de motivação para integrar o projeto (1000 palavras máx).

No caso de graus académicos obtidos em instituições de ensino superior estrangeiras, é necessária a apresentação do reconhecimento dos graus obtidos, de acordo com o DL Nº 66/2018, de 16 de agosto; ou, em falta do reconhecimento no momento de candidatura, declaração sob compromisso de honra de que fará esse reconhecimento antes da contratualização da Bolsa em caso de ser o/a candidato/a selecionado/a. Não obstante, é obrigatória a apresentação do reconhecimento até ao momento de contratualização da bolsa.

As candidaturas deverão ser enviadas para o email bolsasiha@fcsh.unl.pt e bmarques@fcsh.unl.pt, com o seguinte assunto na mensagem: Bolsa BI – Projeto Confissões de género.

Consulte o edital completo aqui. / EURAXESS

Places

  • Lisbon, Portugal

Date(s)

  • Friday, September 16, 2022

Keywords

  • bolsa, investigação, concurso, história da arte, género, autorretratos, pós-25 de Abril

Contact(s)

  • IHA NOVA FCSH
    courriel : bolsasiha [at] fcsh [dot] unl [dot] pt

Reference Urls

Information source

  • IHA NOVA FCSH
    courriel : bolsasiha [at] fcsh [dot] unl [dot] pt

To cite this announcement

« Confissões de género. Auto-retratos de artistas e escritoras portuguesas no pós-25 de Abril », Scholarship, prize and job offer, Calenda, Published on Wednesday, September 14, 2022, https://calenda.org/1016389

Archive this announcement

  • Google Agenda
  • iCal
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search