Página inicialPor uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha

Página inicialPor uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha

Por uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha

Humboldtsche Wissenschaft im Spannungsfeld zwischen Polen, Brasilien und Deutschland

Humboldtowska nauka między Polską, Brazylią a Niemcami

Um simpósio transareal

Ein transareales Symposion

Sympozjum w ramach konceptu TransArea Studies

*  *  *

Publicado terça, 03 de novembro de 2015 por João Fernandes

Resumo

O evento dedica-se a Alexander von Humboldt, bem como aos contextos e circunstâncias de uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha. O nome Humboldt evoca aqui tanto o objeto partilhado entre diversos trabalhos no âmbito das ciências da cultura, quanto o modelo de uma ciência transdisciplinar e transareal. Grupos de pesquisa que assumem para si o desafio transareal precisam contar não apenas com a competência intercultural dos pesquisadores e pesquisadoras em particular, mas também com a efetiva colaboração entre instituições, para além do intercâmbio bilateral.

Anúncio

Argumento

O evento dedica-se a Alexander von Humboldt, bem como aos contextos e circunstâncias de uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha. O nome Humboldt evoca aqui tanto o objeto partilhado entre diversos trabalhos no âmbito das ciências da cultura, quanto o modelo de uma ciência transdisciplinar e transareal. Grupos de pesquisa que assumem para si o desafio transareal precisam contar não apenas com a competência intercultural dos pesquisadores e pesquisadoras em particular, mas também com a efetiva colaboração entre instituições, para além do intercâmbio bilateral. Cabe, nesse sentido, fazer jus às pessoas, arquivos e instituições de ensino superior como sedes da pesquisa, do ensino e da extensão, cada qual com sua dinâmica própria e anseio de continuidade em relação às respectivas iniciativas de cooperação. Assumindo como ponto de partida o trabalho de Alexander von Humboldt, o evento pretende tematizar as perspectivas de resultados científicos da cooperação trilateral e as oportunidades que oferece, com o olhar atento ao amplo contexto científico da Europa e da América Latina. O Simpósio transareal vê-se, nesse campo de tensões e possibilidades, como primeiro passo em direção a uma circulação de saber mais intensa e futuramente mais estreita entre a Polônia, o Brasil e a Alemanha.

Os trabalhos poderão ser apresentados em alemão ou em inglês.

Programa

09:00–09:30 BEGRÜßUNG Ottmar Ette und Julian Drews

  • 09:30–10:00 Zdzisław Pietrzyk (Biblioteka Jagiellońska): „Zur Geschichte der sogenannten Berlinka-Sammlung in der Biblioteka Jagiellońska“
  • 10:00–10:30 Piotr Tylus (Uniwersytet Jagilelloński): „Les manuscrits littéraires en français ancien (XIIIe-XVe siècles) en provenance de Berlin, à la Bibliothèque Jagellonne de Cracovie“
  • 10:30–11:00 Dominik Erdmann (Staatsbibliothek zu Berlin): „‚Ich quäle immer und Danke auch‘ – Alexander von Humboldts Briefe an Eduard Buschmann im Kontext des ‚Nachlass Alexander von Humboldt‘ der Biblioteka Jagiellońska“

11:00–11:30 Kaffeepause

  • 11:30–12:00 Żaneta Kubic (Biblioteka Jagiellońska): „Scientific interests of count Sebastian Sierakowski (1743-1824) with references to Humboldtian science“
  • 12:00–12:30 Aniela Mikołajczyk (Universität Potsdam): „Das Manuskript ‚Isle de Cube. Antilles en général‘ in der Biblioteka Jagiellońska als Vorstufe humboldtscher Publikationen“

12:30–14:00 Mittagessen

  • 14:00–14:30 Paulo Astor Soethe (Universidade Federal do Paraná): „Humboldts Ansichten der Sklaverei: Sklavenfiguren als Denkbilder literarischen Wissens“
  • 14:30–15:00 Cettina Rapisarda (Universität Potsdam): „Vulkane – Kontinuität und Wandel eines Themas bei Alexander von Humboldt. Nachlassdokumente aus der Biblioteka Jagiellońska“
  • 15:00–15:30 Izabela Drozdowska-Broering (Universidade Federal do Paraná): „Alexander von Humboldt und die polnische Wissenschaftsund Kulturwelt“

15:30–16:00 Kaffeepause

  • 16:00–16:30 Carsten Eckert (Naturkundemuseum Berlin): „Die Entdeckung von Diamanten im Ural – Kausale Vorhersage vs. selbsterfüllende Prophezeiung in Humboldts geologischem Weltbild“
  • 16:30–17:00 Izabela Drozdowska-Broering und Paulo Astor Soethe (Universidade Federal do Paraná in Curitiba): „Humboldt in Potsdam, Krakau, Curitiba: Perspektiven eines Austauschprogramms für die trilaterale Kooperation“

Locais

  • Haus 8 – Foyerräume (0.60/0.61) - Am Neuen Palais 10
    Potsdam, Alemanha (14469)

Datas

  • sexta, 06 de novembro de 2015

Ficheiros anexos

Palavras-chave

  • Alexander von Humboldt, journaux de voyage, Brésil, Pologne, Allemagne

Contactos

  • Pauline Barral
    courriel : pbarral [at] uni-potsdam [dot] de

Urls de referência

Fonte da informação

  • Pauline Barral
    courriel : pbarral [at] uni-potsdam [dot] de

Para citar este anúncio

« Por uma Ciência Humboldtiana entre Polônia, Brasil e Alemanha », Jornadas, Calenda, Publicado terça, 03 de novembro de 2015, https://calenda.org/344968

Arquivar este anúncio

  • Google Agenda
  • iCal
Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search